Post Top Ad

24 fevereiro

FAÇA EM CASA: Adesivos personalizados!

by , in
Hello, people!
Quem me conhece, sabe que eu amo DIY. Tudo de diferente que eu vejo por aí, dou logo um jeito de fazer. As vantagens de fazer você mesmo é que as coisas ficam com a sua cara e o melhor: você não gasta quase nada!

Hoje, vou ensinar vocês a fazer adesivos. Eles são perfeitos pra dar um up no quarto, deixar seu armário com a sua cara, ou enfeitar outros objetos com as coisas que você mais gosta, whatever. Vejam alguns que eu já fiz:




Vamos aos materiais:

  • Papel contact preto, ou na estampa que você preferir.
  • Tesoura/estilete
  • Durex 
  • Molde da frase ou imagem que você deseja adesivar

Nesse DIY, eu fiz um adesivo para colar no meu notebook, mas, como já disse antes, você pode colar onde quiser, é só usar a criatividade!
O primeiro passo é achar um molde do seu gosto para adesivar. Eu utilizei esse:




Depois de ter escolhido a imagem, vamos copiá-la para o papel contact.

É MUITO IMPORTANTE prestar bastante atenção na hora de traçar o desenho no papel, pois ele deve estar espelhado para que na hora que você cortar, ele fique do lado certo, assim:


*Caso você tenha imprimido o molde, utilize o durex pra fixar bem o papel, assim você não corre o risco de cortar errado.



Agora é hora de colar! Nessa parte é necessário ainda mais cuidado pra não deixar dar bolha no adesivo. Você deve tirar uma pequena parte e ir colando aos poucos. Se precisar pode usar uma régua pra te auxiliar. O importante é não deixar bolhas de ar.

O resultado ficará assim:



Muito fácil, não é? E você, está esperando o que pra fazer o seu? Deixe nos comentários o link da foto da sua arte, ou coloque no instagram com a #adesivospf quero ver a criatividade de vocês!





*post realizado por Carolina Lima, colaboradora do blog. 
22 fevereiro

Lugares mágicos que toda criança deve conhecer!

by , in
Oi, oi pessoas!
O post de hoje é muito especial, e eu contei com o David lá do Olímpico Literário para montá-lo. 

 
Nada melhor do que fazer em um verdadeiro tour não é mesmo?! Hoje nosso dever é guiar vocês pelas vastas terras de Nárnia, ou então pelo clássico e encantador universo de Harry Potter. Preparados? Nosso tour pelos pontos turísticos irá começar!

Em nossa primeira parada vamos viajar para uma terra mágica e misteriosa onde grandes reis e rainhas um dia governaram, enfrentando perigos e protegendo seus habitantes. Nesta primeira parte da jornada, vou apresentar para vocês lugares fantásticos de Nárnia que toda criança deve conhecer. Você não conhece? Então com certeza você precisa ler as aventuras escritas por C.S Lewis, e sua magnífica jornada, cheia de reviravoltas. Mas vamos aos pontos que você tem, em algum momento da sua vida, que visitar!



É comum receber pessoas o tempo todo aqui em Nárnia. Estão sempre curiosas e ansiosas para conhecer os lugares, então hoje eu vou mostrar para vocês alguns essenciais que as crianças devem visitar, mas os adultos também podem. 

Começando por Nárnia, que é habitada por humanos, animais falantes e criaturas mitológicas. É por onde muitos passaram antes de iniciar suas jornadas, inclusive os Pevensie, eternos reis das nossas terras mágicas. Todo mundo lembra deles, certo?



A Mesa de Pedra é onde Aslam sofreu nas mãos da vaca, malvada Feiticeira Branca, mas é lá também que ele se reergueu e encheu novamente nossos corações de esperança. É um ótimo lugar para se visitar. Até respirar lá é diferente.

Por ser o lar dos gigantes, é fato que todas as crianças querem visitar Ettin. Em Cadeira de Prata conhecemos esse local incrível e interessante que sempre nos deixa com a sensação de que podemos ver mais. Mas tomem cuidado, viu?! Às vezes eles não olham por onde andam. 

O Reino Profundo é onde vive a Feiticeira Verde, lá não é um lugar muito apropriado para crianças, porém, eu sei que existem aquelas audaciosas que gostam de desafiar o perigo. Mas tomem cuidado, existem teorias que afirmam que a tal Rainha do Submundo é a reencarnação da Feiticeira Branca. Credo! 

Antes de continuarmos, vale salientar que aos arredores de Nárnia temos muitos lugares para visitar, mas escolhemos apenas alguns, para o post não ficar muito grande. E dentre eles, Cavacópolis, onde o Burro Confuso comprou laranjas uma vez, e eu posso dizer com convicção que são as melhores do universo! É impossível ir em Nárnia e não experimentar as laranjas de Cavacópolis.

O Dique dos Castores, é mais um ponto mega importante, sendo uma represa aconchegante e muito bem planejada pelo falecido Sr Castor. Em O Leão a Feiticeira e o Guarda Roupa ele foi bem apresentado para nós, e alguns anos depoisMiraz construiu seu castelo próximo ali. Então você vai no dique e acaba conhecendo também o castelo de Miraz. Fantástico né?! Visitar dois lugares com um passeio só!

Terebíntia é uma das muitas ilhas do litoral de Nárnia. Não é a mais próxima, mas eu posso garantir a vocês que é a melhor. Em A Viagem do Peregrino da Alvorada conheci essa praia maravilhosa que eu nunca mais me afastei. Recomendo que façam o mesmo.

Para os que gostam de uma boa aventura ao ar livre, eu desafio a chegar ao Pico da Tempestade. É o local mais alto de Nárnia, localizado em Arquelândia. Para deixar tudo mais interessante, saibam que lá ocorreu uma grande batalha entre dois homens poderosíssimos!



E para finalizar essa visita incrível a Nárnia, vocês devem ir em Cair Paravel (não tem como não querer visitar). Esse castelo já passou por muitas coisas, tem estruturas fortes e história incríveis pregadas em suas paredes reconstruídas. É lá que os reis de Nárnia reinam e onde fica a foz do Grande Rio. Incrível não?
Eu amaria ficar aqui conversando com vocês sobre os lugares fantásticos que existem em Nárnia, mas tenho que ir em Azim Balda (Cidade da Calormânia escolhida como sede do correio) deixar alguns livros por lá, então fica para a próxima.
Não se esqueçam de trazer as crianças aqui mais vezes! Nárnia está sempre de portas abertas para quem quiser visitar, basta acreditar. E lembrem-se: Estejam do lado de Aslam, mesmo que não haja Aslam. Vivam como um Narniano, mesmo que Nárnia não exista.



E já que estamos falando em magia, e estamos basicamente em dezembro (férias chegando) para os interessados em estudos, o universo de Harry Potter é a pedida certa. E o David levará vocês para lá agora.



Para começar nossa viagem, saindo dos mundos encantados, pegaremos um trem rápido na Plataforma 9 ¾ na Estação King’s Cross, em Londres. Depois de uma rápida partida, onde pelo caminho você pode deixar as crianças a vontade, conhecendo os alunos magos que estarão nos acompanhando, aproveitando suas guloseimas (cuidado com os sapos de chocolate!), faremos uma breve parada Hodrig Hollow, cidade natal da família Potter, e onde morou um dos mais importantes diretores de Hogwarts, Alvo Dumblerdore. Vai ser uma passadinha bem básica, porque temos que seguir para Hogsmeade, cidadezinha aconchegante, onde os alunos da escola de Magia e Bruxaria sempre vão visitar quando precisam de um tempinho fora do castelo. A cidade é lar da famosa loja de doces Dedos de Mel, e onde os mais crescidos podem encontrar a MELHOR cerveja de amanteigada que existe entre os dois mundo. Mas cuidado para não passar da conta e ir parar na Casa dos Gritos. Não é um lugar muito indicado para uma pessoa em sã consciência.

Finalizado essa parte da viagem, hora de conhecer o melhor! Haha, alguém disse Hogwarts? Além de ser uma aclamada escola de magia e bruxaria, palco de batalhas épicas e inesquecíveis, ainda possui uma grade de ensino EXCELENTE, com professores ainda mais incríveis. Com certeza, estando no mundo de Harry Potter, é mais que obrigatório dá uma passadinha aqui. Vá ao Salão Comunal, ou visite o Corujal, Sala Precisa, e até a sala do diretor da escola (provavelmente você vai achar uma Fênix pra lá de incrível por lá); sem esquecer-se de passar no Chapéu Seletor, para que ele direcione você para a casa a qual pertencerá (não querendo persuadir, escolha GRIFINÓRIA OU LUFA-LUFA! Rsrsrs, brincadeira. Escolha a que melhor você se encaixar!).



E estando e Hogwarts, não deixe de dá um pulinho na alegre Cabana do Hadrid, nosso guarda-caça, um gigante super amigável! Ele gosta de tomar chá à tarde, e também de criar monstros. Tome cuidado, alguns são perigosos. Mantenha distancia deles (principalmente se Hagrid aconselhar que você siga as aranhas!). 



Para os estudantes novatos, que vão começar no ano vem, O Beco Diagonal é o local certo para adquirir seu material. E não esqueça, se precisar de dinheiro, Banco de Gringotes, lugar extremamente seguro para suas economias, é local indicado (acho que eles não fazem empréstimo :P). E ainda, caso queira adquirir algumas vomitilhas, ou artefatos para criar certas “brincadeiras” na escola, visite a loja dos irmãos Welsley, mas mantenha total distancia da Travessa do Tranco, não é um local para crianças hein, e nem para um mago sábio!

Para os adultos, acredito que uma viagem ao Ministério da Magia será muito instrutivo. Lá temos muitas pessoas importantes e séries, além de alas restritamente misteriosas. 

E se você, quiser outras alternativas de escolas, bem, para as senhoritas, temos a Academia de Magia de Beauxbatons, uma escola mágica especificamente para mulheres, muito requintada e formal. Já para os rapazes que curtem algo mais radical, Durmstang, a escola masculina, é a pedida certa. Vale lembrar que na hora de escolher, avalie bem todas as propostas.

E então, prontos para a viagem? Informados dos pontos que iremos visitar, peguem seus livros, procurem um local tranquilo e deixem a imaginação rolar!
20 fevereiro

TU E APENAS TU, MORTE

by , in
Era uma jovem mulher muito amada por todos, principalmente por sua filha. Viviam bem antes de ti, Morte. Já não vivem mais. 
Chegas de todas as formas, tu és esperta. E preparaste, junto da Velha Saudade, para que vós atormentásseis a filha de Eva. 
Ela, assim como tu, esperou que o coração se tranquilizasse para que viesse atormentar aqueles que tentam viver, a jovem filha de Eva que tentara viver. 
Tão frágil, mortal. E aproveitaste, Morte, para que o seu rúptil sentimento fosse o então culpado pela desgraça que tu causaste.
Tu e apenas tu. Mesmo que tentes, todos sabem da verdade, mas o medo, Morte, os impede de proferir até mesmo o teu nome. 
Até onde tu chegas para fazer com que o sentimento de culpa por algo que tu causas apodere-se de quem sofre?
Ai! Ai!, Morte.
Mesmo que graves a saudade e o pesar no coração das pessoas por quem passarás, elas precisam continuar a viver. Até que tu voltes e cumpra teu papel também lhes levando. 
Flores vão nascer e morrer, as estações do ano passarão, aniversários serão celebrados, filhos serão concebidos, mas a única certeza que todos têm é que tu, Morte, podes chegar a qualquer momento.
Até que leves a filha de Eva, que ainda sofre com a imagem da mãe que tu levaste. 
Até onde és capas de levar a infelicidade? 
Em que momento o que fazes tornará alívio? 
Em algum momento assim será?




Post Top Ad

Instagram