Post Top Ad

Três motivos para não encontrar Margo

Oi, oi pessoas!
Hoje eu vim falar da minha decepção com o filme do momento.  
   Cidades de Papel é a adaptação de mais um livro do nosso queridíssimo João Verde. Um dos melhores livros dele na opinião dos fãs, batendo de frente com Quem é você Alasca. 
Eu li o livro exclusivamente para assistir o filme. Confesso. 
   Mas após conhecer a história e a alguns personagens,  me apaixonei. Desde dos Noeis negros ao Navio. Dos ninjas que tiram sobrancelhas a uma paixão que move céus (ou será carros?) 
   Depois de quase morar na fila do cinema (porque eu resolvi ir comprar justamente em um dia de promoção), e quase infartar de stress esperando o Plinio na entrada do cinema. Eu finalmente entrei para a sala com muitas expectativas. Expectativas essas que não foram supridas. 

Confuso, fraco e vazio. Essas são as definições que eu tenho para esse filme. 

  • Confuso para quem não leu o livro. O filme apresenta a história de maneira vaga e simples. Tudo acontece muito monotonamente e no final você fica tipo "Ok, isso tudo serviu para que?" A impressão que eu tive foi que o filme de quase duas horas, aconteceu em 30 minutos. 
  • Fraco como adaptação. Fugindo do livro, o diretor colocou a participação de personagens que não existiam nas cenas, o que resultou em  em outras cenas inexistentes. Isso pode possivelmente ter tirado partes do livro que eram importantes no filme, mas nem é só isso. O filme não te prende, ele não tem um conteúdo que chame a atenção.
  • Vazio porque o livro é carregado de sentimentos e reflexões. Deixa o leitor extasiado e conturbado após o fim da leitura. De uma maneira positiva (isso é possível?)  e o filme não conseguiu passar isso. O filme na verdade não conseguiu passar nada. 

Ri em algumas partes, gritei com alguns personagens, mas no fim não valeu a espera, a fila que enfrentei e o desespero com o atraso do Plínio. Esperei demais e recebi pouco. 

"Faça cada momento valer a pena." 

9 comentários:

  1. Oi, Barbara
    Eu já não gostei tanto do livro, estava com o pé atrás sobre ver o filme no cinema, agora veio a sua critica... É, acho que não vou no cinema rsrs
    Beijos.

    Diário de uma Bloggeira | Facebook

    ResponderExcluir
  2. Eu duvido muito que irei gostar do filme, já que nao gostei do livro e geralmente as adaptações cinematográficas são piores. Confesso que estou sem um pingo de curiosidade e pela sua resenha perdi mais ainda a vontade de ver.
    Bjos...

    umavidaliteraria1.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  3. Bárbara já estou com vontade de assistir pra ver se realmente ele é ruim mesmo, Bárbara seguindo seu blog vem conhecer o meu blog também beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Engraçado que me desindicaram (isso existe?) várias vezes o livro porque ele não passava nada demais, mas mesmo assim quero ver o filme. Já desisti do livro, não irei desistir do filme hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Já li diversos comentários negativos sobre o filme e desanimei totalmente. Vou ler o livro esse mês por causa de um desafio e espero curtir a história. É muito ruim quando uma adaptação não atinge nossas expectativas, ainda mais quando ela foi tão acompanhada pelo autor.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bárbara, que crítica maravilhosa, sério! Só tinha visto críticas positivas dizendo que o filme era bom masssssss "bom por quê?" era o que eu esperava saber. Mesmo que sua crítica tenha sido negativa, soube muito mais por ela do que pelas outras.
    Mas discordo quando você falou sobre o livro, que te "extasia". Odiei cidades de papel e espero não ter que ler outro livro tão ruim novamente.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  7. Não é que eu não gosto do João Verde, eu gosto! Mas não me animo a ler qualquer coisa dele depois de "A culpa é das estrelas" e nem a ir ver "Cidades de Papel" no cinema, com esse post então... Bleeeeeee... menos ainda!!!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?
    Eu ainda não li e nem vi o filme. A minha mãe leu e não gostou do livro. Uma amiga minha viu o filme e amou. Uma pena você não ter curtido. Vou ler e ver para saber o que acho. Bjs
    Www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Bárbara, muitas pessoas estão falando que o filme não era tudo que esperavam, é uma pena né? Porque a premissa tinha tudo pra ser o melhor!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram