Post Top Ad

{Resenha} Bruxa da Noite - Nora Roberts

Oi, oi pessoas!
A resenha de hoje trás uma mistura de realidade e fantasia que a Nora Roberts nos proporcionou. 

Bruxa da Noite

Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 320
Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda.Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera.Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

  Iniciamos no século XVII. Sorcha a Bruxa da Noite é perseguida por um bruxo que deseja tomar seus poderes. Para se livrar disso, a tão poderosa bruxa divide seus dons entre seus filhos, fazendo assim, com que eles passem de gerações em gerações até chegarmos em Iona, uma das descendentes da Bruxa da Noite. 
  Iona é uma jovem que não possui pais amorosos, mas sua avó é incrível e está sempre cuidando e conversando com ela. Após saber da história de seus antepassados e descobrir que sua família possui magia no sangue, ela abandona sua vida e decide ir em busca de suas raízes na Irlanda. 
  E é na Irlanda que ela encontra parentes, amadurece, se conhece mais e vive um amor. Tudo isso enquanto tenta descobrir como combater o mal que vem afetando sua família há anos. 
  Com uma narrativa intercalada entre os personagens,  o livro trás uma história com muitos personagens, mas eu não consegui me identificar com nenhum deles. 
  Os seis protagonistas dão uma aula de como ser amigo de alguém haha. É lindo ver como a amizade deles se desenvolve e amadurece com o passar das páginas.
  Iona e Finn (ah, Finn <3) são completamente fofos e formam um casal incrível! A insegurança dela muitas vezes atrapalha as coisas, tanto para os dois quando para mim que fui me cansando de tanta insegurança em excesso. 
  Escrita de maneira densa, a excessividade de detalhes foi bom em algumas partes e ruim em outras. 
  No início do livro, foi complicado pegar o ritmo de leitura por causa de tantos detalhes e a leitura acabou se tornando um pouco massante, mas após engrenar na leitura  vamos nos acostumando com a forma que ele foi escrito e aprendendo um pouco mais sobre as famílias e os motivos que as ligam. Isso é muito interessante. Conseguir explicar para o leitor de maneira clara sobre o que a história se trata é importante, e nesse ponto Nora não falhou.
 O sobrenatural da história não é muito forte. O que devia ser um dos focos ficou em escanteio. 
  No fim eu me decepcionei porque eu comecei o livro esperando uma coisa completamente diferente do que eu li, e dessa vez infelizmente não foi um ponto positivo. 
  Com certeza irei ler as continuações e espero que a partir delas eu goste mais desse novo universo criado pela Nora. 
  Recomendo o livro para quem quer romance, sobrenatural e um pouco muito de mimimi (nessa ordem). 

 Tradução, Diagramação e Capa:
A tradução está fantástica, como sempre. A Arqueiro dividiu os capítulos no meio das páginas (assim como nos livros do Quarteto), e confesso que não gosto disso. Fica bem estranho, vocês não acham? A capa é fantástica! Ah, Irlanda <3

Um comentário:

  1. Affu, criei tanta expectativa com este livro :( . Não sou a maior fã de livros detalhistas, e sou bem fascinada com sobrenaturais. Gosto de livros que são um pouco mais direto ao ponto, porémmm irei na sua casinha e pegarei emprestadinho o livrinho ok? kkkk Bjs *-*

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram