Post Top Ad

27 abril

O que está acontecendo com o blog?

by , in
Oi, oi pessoas!
   Aqui estou eu novamente depois de dez longos dias sem aparecer para dar explicações sobre o andamento (modo tartaruga) que o blog vem tendo ultimamente. 
   Com a rotina apertada de trabalho e estudos eu venho tendo dificuldade em fazer postagens. Nem é em ler, porque eu continuo lendo, mas eu não estou conseguindo formar as resenhas, fazer algo com conteúdo. 
   É claro que isso tudo é irresponsabilidade minha que ainda não encontrei um modo de encaixar todas as minhas funções, mas estou trabalhando nisso. 

   Mas vamos com algumas explicações: 

  • Se eu estou devendo algum livro de promoção para você, fique tranquilo, no próximo mês ele será devidamente enviado. 
  • Se você espera alguma resenha, peço calma. Ela sairá haha
  • As redes sociais do blog continuarão funcionando normalmente, fico mais presente no instagram.
  • Não estarei aceitando parceria com autores dentro dos próximos meses até conseguir manter o blog e fazer todas as resenhas que preciso fazer. 
  • O resultado da promoção no instagram sairá em breve (preciso que o Paulo apareça). 
   Bom, gente. Eu vim aqui apenas para que vocês saibam que o blog não está abandonado. Espero conseguir recuperar o ritmo de postagens novamente e voltar com as três postagens semanais que possuíamos. 

Beijão!

17 abril

{Resenha} Para Sir Phillip, com amor - Julia Quinn

by , in
Oi, oi pessoas!
A resenha de hoje é de um livro que eu li a muito tempo, mas que agarrei total na resenha.

Para Sir Phillip, Com Amor
Editora: Arqueiro

Ano: 2015 
Páginas: 288
Nota: 3/5
Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 
  Eloise Bridgerton acaba de ver sua melhor amiga se casar e fica um pouco desesperada. Sendo solteirona e tendo rejeitado tantos pretendentes, ela percebe que não quer ficar sozinha. 
  Philip é acabara de ficar viúvo e possui um casal de gêmeos que o deixam louco, e como não amava sua esposa, logo chega a conclusão de que precisa se casar novamente para que seus filhos cresçam com uma influência feminina. 
  Eloise ao saber da morte de sua prima distante, envia uma carta ao marido dela prestando condolências. E desde então eles trocam cartas, conversam sobre como são e a vida. E então Philip a convida para passar uma temporada em seu castelo, e se tudo der certo, poderiam se casar. 
  Que ideia absurda essa de ir visitar um estranho que você só trocou algumas cartas, não é? Eloise também acha, mas isso não a impede de fugir na noite em que a infame Lady Whistledown da as caras com seu verdadeiro nome (leiam o livro anterior para saber). 
  Sem avisar Philip sem nada, Eloise chega em seu castelo e encontra tudo em plena desordem. E além da bagunça, ela descobre também duas crianças que até então não haviam sido comentadas em nenhuma das cartas. Ele não sabe lidar com elas, e não sabe como lidar com Eloise na frente delas, e no fim eles ficam em um clima tenso e preocupante. 
O que Eloise tinha na cabeça para fazer uma coisa dessas? Onde estava a mulher calma que Philip imaginava?

  O livro, assim como os outros da série é narrado em terceira pessoa. Fato importantíssimo para que nós leitores possamos identificar e conhecer todos os personagens. 
  No inicio a leitura é bem parada e mais do mesmo. Eu já havia comentado com vocês uma vez que estava meio farta de romances de época pelo fato de não haver inovação. Mas quando o livro vai caminhando, você vai percebendo coisas novas que nos outros livros da série não existem. 
  Eloise é bonita, inteligente, disposta, mas é uma Bridgerton. Não é calma, não pensa antes de falar e sempre quer dar opinião nas coisas. E isso se formos pensar, naquela época era algo terrível para os homens (até hoje, convenhamos).  
  Philip é um homem forte, respeitava imensamente sua esposa e sofria muito com a pouca habilidade de cuidar dos seus filhos. Mas tem um apego com a natureza e isso o deixa encantador. 
  Os dois são completamente opostos, procuravam coisas diferentes, mas quiseram tentar e isso foi o que me fez gostar mais de ambos como um casal.
''Eloise Bridgerton não tinha nada de sutil ou insegura. Ela nunca daria voltas quando podia ir direto ao assunto.''
  Também temos participações de velhos conhecidos nossos, Anthony como sempre, da uma aula de como ser pai de seus irmãos. Cabeça quente, mas muito justo. Benedict e Colin foram os que mais me assustaram. Em nenhum dos outros livros eu presenciei uma fúria tão grande vinda deles e de inicio eu fiquei muito brava, porque eles são meus preferidos e eu não queria que eles ficassem assim. 
''Você é um Bridgerton. Não me importa com quem vai se casar ou qual será seu nome depois que disser seus votos diante de um padre. Você sempre será uma Bridgerton, e nós nos comportamos com honra e honestidade, não porque esperam isso de nós, mas porque é assim que somos.''
  De acordo com o passar das páginas, conseguimos nos adaptar a nova vida de Eloise e a rotina em que ela vive. E o mais do mesmo volta, mas de uma forma diferente. 
  Senti muita falta da nossa querida Lady Whistledown, e agora tenho o pensamento de que sua descoberta deveria estar no ultimo livro da série. 
  O livro é fofo, romântico e possui uma leitura bastante fluida. Eu o li em uma tarde (e demorei semanas para resenhar. É a vida), e fiquei curiosa com os próximos volumes da série. Uma das coisas mais legais dos livros é que um da abertura pro outro, mas não deixa os que já passaram sem foco. Porque você acaba esbarrando em um ou outro personagem. 

  Recomendo mais uma vez para os fãs de romance de época, e para os que querem começar a ler, indico essa série que é bem legal. 

Outros livros da série:


  1. O Duque e Eu (resenha)
  2. O Visconde que me amava (resenha
  3. Um Perfeito Cavalheiro (resenha)
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton (resenha
  5. Para Sir Phillip, com amor 
  6. Quando ele era mau (ainda não foi lançado no Brasil)
  7. Em seu beijo (ainda não foi lançado no Brasil)
  8. A caminho do altar (ainda não foi lançado no Brasil)



15 abril

{Resenha} Em Busca do Amuleto de Aloni - E. Samuel

by , in


As Quatro Portas do Tesouro - Em Busca do Amuleto de Aloni, E. Samuel



Oi, oi pessoas!
A resenha de hoje é sobre um lançamento independente que promete fazer sucesso. 


Editora: Lançamento Independente (COMPRAR)
Número de páginas: 233
Ano: 2014
Nota: 4/5
 Daniel não imagina que depois de viver anos em uma metrópole, vai encontrar em uma pequena cidade, a grande aventura de sua vida! Juntamente com seus dois melhores amigos, Júlio e Marcelo, descobre a Mata do Anatema, cercada de lendas e mistérios. Mas será possível que tudo o que falam sobre esse lugar seja verdade? Chegar um pouco mais perto não vai fazer mal nenhum... ou vai? Uma aventura cheia de desafios, coragem, criaturas fantásticas e, principalmente, superação de limites! “Em Busca do Amuleto de Aloni”, o primeiro livro da série “As Quatro Portas do Tesouro”, traz aos jovens leitores uma história bem humorada e cheia de emoção, aventuras e fantasia, que vai capturar a atenção de jovens e crianças de todas as idades.


Daniel, Júlio e Marcelo são um trio de amigos que vivem no interior. Na cidade existe a Mata do Anatema, que os moradores dizem ser perigosa e cheia de enigmas. Logo que        Daniel descobre, ele deseja entrar e fazer pesquisas sobre isso e claro que irá levar seus amigos junto.
  Primeiro eles conversam com moradores da cidade que contam o que sabem sobre a Mata. Marcelo tem um avô que ama contar histórias e é ele que indica a eles uma misteriosa mulher, que muitos acreditam ser bruxa. Quando chegam na casa dela, os meninos que tanto temiam-na descobrem que ela na verdade é uma senhora muito simpática que está disposta a dizer o que sabe.  
  Então eles estão cientes dos perigos que a Mata abriga, e mesmo assim decidem ir para essa aventura. O que eles não sabiam é que ao entrar nela você não consegue sair, e buscar a saída faz você se perder. 
Um mistério, um feitiço, um reino. O que você faria se estivesse preso na Mata do Anatema?

  Narrado em terceira pessoa, o livro é bastante detalhado. Algumas cenas chegaram a se tornar massantes pelo excesso de informações. Mas com o passa da história me acostumei e então a leitura começou a fluir de verdade. 
  O lado bom de tantos detalhes, é que conseguimos conhecer bem os personagens. Chega um momento do livro em que você nem precisa ver quem falou o que, porque a forma que cada um fala é bem característica de suas personalidades. 
  Marcelo é com certeza o personagem que eu mais gostei. O espírito de liderança dele me encanta e a inteligência dele me deixou impressionada. 
-Olha! Vocês são muito chatos! Não estou acostumado com tanta conversa! Vocês falam demais! Faz muito que estou aqui enterrado nessa gruta e não aguento tanto barulho! Aliás, D. Pedro á a senhora sua mãe! - completou, olhando seriamente para Júlio. 
  Me senti no papel do personagem em diversas partes e percebi que um dos objetivos da autora é deixar o leitor se aventurar em algo que ele já desejou na infância. Quem nunca quis entrar na máquina mistério ou receber os apetrechos das Três Espiãs Demais que atire a primeira pedra. 
Sabia que aquilo era pedir demais, que não tinha o direito de colocar uma responsabilidade tão grande nos ombros daqueles meninos, mas só de pensar em se livrar daquela maldição, não podia resistir.
  O livro é repleto de ação  do inicio até quase no fim. Confesso que pela história agitada eu esperava um final mais explosivo que me deixasse morrendo de curiosidade para ler o próximo livro, mas não é assim. Você consegue finalizar a leitura e aguardar tranquilamente o próximo volume. 
  O livro deixa aquela lição de moral sobre ambição e egoísmo. Quem muito quer, pouco tem. 
No geral é uma boa leitura infantil. Vale a pena conferir esse o primeiro livro dessa série nacional. 

12 abril

4° Turnê Intrínseca de Belo Horizonte

by , in
Oi, oi pessoas! 

   Hoje, finalmente trago para vocês o post sobre a Turnê Intrínseca que fiz com o  Carlos, Dudu e Plinio que são grandes amigos meus e que vocês provavelmente já conhecem haha.

                          
"A missão da Turnê Intrínseca é a mesma desde 2012: aproximar a editora dos fãs e leitores, apresentando nossos livros e muito conteúdo inédito, como capas, vídeos, curiosidades, bastidores e notícias. Venham novamente trocar ideias e descobrir novidades sobre suas séries e seus autores prediletos, tirar dúvidas e conhecer outros fãs."

   O evento que começou as 16hrs iniciou a entrega das senhas às 15hrs, mas 11h20min quando eu cheguei no Shopping já havia fila, e ela ficou imensa! Os próprios leitores começaram a marcar as senhas na mão para evitar transtornos. Depois, os seguranças organizaram a fila com grades. 
   Ao entrar no evento, junto com a senha recebíamos um cartão onde colocamos nossos dados e blog. 
   Logo no início, após a difícil acomodação do público, as representantes iniciaram a apresentação de alguns lançamentos da editora. 

Confiram alguns deles:



   Quando o novo livro da Becca foi apresentado, houveram gritos (inclusive meus) e até choro! Uma das leitoras chorou muito, e eu como sou um ser insensível chorei também, mas de rir. A história que foge completamente do que estamos acostumados em Hush Hush não me chamou atenção, mas acredito que futuramente darei uma chance. 

Em Black Ice, Britt Pfeiffer tem dezessete anos e está se preparando para fazer uma trilha na cordilheira Teton, na fronteira entre os estados de Wyoming e Idaho, nos Estados Unidos. Mas Britt tem uma surpresa: o ex-namorado, que ainda assombra seus pensamentos, decide se juntar a ela na aventura.Antes que Britt possa refletir sobre os sentimentos que nutre por ele, uma nevasca repentina a obriga a se refugiar em uma cabana isolada, aceitando a hospitalidade de seus dois ocupantes — que então a fazem de refém. Em troca da própria vida, ela se compromete a guiá-los para saírem das montanhas. Mas a tarefa não é tão simples como parece. No caminho de Britt estão os rastros de uma série de assassinatos que ocorreram na região, e ao descobrir a verdade ela pode se tornar o próximo alvo.

Quase Uma Rockstar
   A editora também está trazendo mais um do Matthew Quick que promete ser sucesso. "Quase uma rockstar" além de uma premissa incrível tem uma capa maravilhosa que me chamou atenção logo de cara. A editora mostrou um vídeo fofíssimo que o autor fez para os fãs e eu fiquei mais apaixonada por esse homem fantástico.  Torci muito para ganhar o livro, mas é claro que eu não ganhei. 
Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

 
   Filhotes submarinos eu nem preciso falar né? É um amor, gente. Imagens lindas de cachorros lindos, e eu já quero ter em casa os livros desse fotógrafo. Pelos cachorros e pelas fotos haha. 

Em mais de 80 cliques inéditos, casteel retrata os cachorrinhos na primeira fase da vida, quando ainda estão começando a descobrir o mundo. cheios de energia e disposição, os filhotes se jogam na água sem medo, ansiosos para resgatar uma bola de tênis ou simplesmente brincar. em cada imagem vemos um espectro de reações ao mesmo tempo selvagens e adoráveis, insanas e engraçadas.
                                                                                  
DENTISTA SINISTRA
    Dentista Sinistra é um livro infantil que prendeu a atenção dos adultos também, é um algo que eu pretendo ler e presentear meus primos mais novos para incentivar  a leitura com algo interessante e com escrita inteligente.                        

Quando uma nova dentista chega à cidade, alfie percebe que há algo sinistro em torno dela. ele e a amiga gaby resolvem dar uma de detetives, a fim de descobrir por que a nova dentista, a srta. k. nall, anda distribuindo doces sem açúcar e uma pasta de dentes que mais parece um ácido capaz de fazer buraco em pedras. mas o pobre alfie vai se ver em uma grande enrascada quando sua investigação o levar a ficar amarrado na cadeira da dentista enquanto ela arranca todos os seus dentes.
  
    Em Percy Jackson e os deuses gregos, novo livro de Rick Riordan, nosso querido semideus explica sua versão da mitologia grega para a criação do mundo e dá aos leitores sua visão pessoal sobre quem é quem na Grécia Antiga, de Apolo a Zeus.
   É um livro extremamente engraçado, e maravilhoso. Um verdadeiro sonho de colecionador.
Alguém poderia contar as histórias de origem dos deuses do Olimpo melhor do que um semideus dos tempos modernos? Percy Jackson oferece uma visão privilegiada com abundância de tudo nesta coleção ilustrada."Uma editora em Nova York me pediu para escrever o que eu sei sobre os deuses gregos, então pensei, podemos fazer isso anonimamente? Porque eu não preciso de os Olimpianos com raiva de mim novamente. Mas se isso ajuda você a conhecer os seus deuses gregos, e sobreviver a um encontro com eles, se eles nunca aparecem em seu rosto, então eu acho que escrever tudo isto será a minha boa ação da semana."Assim começa Os Deuses Gregos de Percy Jackson, em que o filho de Poseidon acrescenta sua própria magia – e apartes sarcásticos – para os clássicos. Ele explica como o mundo foi criado, em seguida, dá aos leitores sua opinião sobre um quem é quem dos antigos, a partir de Apollo para Zeus. Percy não se segura. "Se você gosta de filmes de terror, banhos de sangue, mentira, roubo, traição e canibalismo, então continue a ler, porque definitivamente foi uma Idade de Ouro para tudo isso.
   As representantes de Belo Horizonte, possuem desenvoltura e habilidade nata para falar e animar o público. Levaram o evento de maneira tranquila e lidaram com os gritos, vaias e lágrimas dos leitores. O único probleminha é que uma delas soltou muitos spoilers. Notados por muitos leitores que reclamaram bastante. 

   O evento ocorreu na livraria Leitura do Minas Shopping, mas infelizmente a escolha do local não foi a mais adequada. O espaço não acomodava todas as pessoas e algumas ou 

melhor muitas ficaram em pé, sem contar que os que ficaram sentados no chão (não que isso seja algo horrível,  mas depois de algum tempo as suas costas começam a sentir e a inquietação toma conta).  Esse é um ponto que se deve analisar de uma melhor forma.



Matthew Quick e John Green deram o ar da graça na livraria, levando os fãs à loucura!


  Calma gente, eles apareceram sim, só que virtualmente. Quick gravou um vídeo de apresentação e divulgação de seu mais novo romance “Quase uma Rockstar”. O autor mandou uma saudação aos fãs brasileiros e agradeceu por todo o carinho.
   
   Já o nosso querido e nada normal tio Green, em mais um de seus vídeos postados no seu canal “Vlogbrothers”, conversou com os fãs sobre a nova edição comemorativa de 10 anos de “Looking For Alaska”, e sobre a estreia de “Paper Towns” (filme baseado em um de seus romances).
   Está confirmado! A intrínseca lançará uma NOVA EDIÇÃO de “Quem é você, Alasca?” comemorando o aniversário do romance. E sim, vai ter “Cidades de Papel” com a capa do filme. Não tivemos muitas informações sobre nenhuma das edições.


Livros versus E-books

   A editora apostou também nos Ebooks, e todos que compareceram no evento ganharam um vale-ebook. Além disso, foi sorteado um Kobo. Nenhum de nós quatro ganhou, é claro. 

Confiram um vídeo incrível que está na história das turnês desde o inicio: 

Sorteios e Brindes:

   Os sorteios deixaram o público bastante animado, senhas muito próximas das nossas foram sorteadas e nós apenas víamos nossos sonhos de consumo serem levados por outras pessoas. Até que então, Carlos foi sorteado e levou para casa "Um mais Um" da Jojo Moyers. 
  Fora os sorteios, todos que compareceram no evento levaram para casa uma bolsinha com alguns brindes da editora. 

    Uma das coisas mais legais de ir na Turnê, são os blogueiros que encontramos. Além do nosso pequeno grupo que já havia combinado de se encontrar, também reencontramos e conhecemos vários blogueiros. Aproveitamos para divulgar os blogs e entregar marcadores (também entramos na Leitura e pegamos muitos marcadores)

  Foram conversas rápidas, mas daquele jeito blogueiro de ser e em pouco tempo conhecemos pessoas, blogs e eventos incríveis. 
   No fim o evento foi muito bom. A editora nos apresentou livros incríveis e momentos fantásticos e pelo poder de Sérgio, um de nós saiu com um livro nas mãos.  
   Já estamos ansiosos para a 5° edição! 


Confira os outros lançamentos nos blogs dos meninos:



07 abril

Wishlist de Aniversário

by , in
Oi, oi pessoas!
   No dia 19 de Abril eu faço aniversário (sim, podem me enviar presentes) e hoje eu trago para vocês a minha Wishlist de livros. 
Escolhi cinco livros que eu desejo à muito tempo, mas que por causa da promessa (e falta de dinheiro)  de não comprar livros antes de ler metade dos comprados não lidos, eu não tive a oportunidade de tê-los. 

Quase Uma Rockstar

   Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.
Conheci esse livro na Turnê da Intrínseca (ainda terá post) e fiquei apaixonada! Além de ser de um autor fantástico, tem uma sinopse magnifica. 


O Diário de Anne Frank

   Anne Frank é uma jovem judia de 13 anos que vive escondida no sótão de um estabelecimento comercial juntamente com seus pais, Otto e Edith, e sua irmã Margot. Além deles, vive no mesmo local uma outra família de origem judia, composta por Hans Van Daan, Petronella Van Daan, Peter Van Daan e Albert Dussell, que é um idoso dentista.
   A jovem documenta a sua vida num diário enquanto se esconde da Gestapo da Holanda. Este refúgio foi arranjado por Kraler e Miep, os proprietários de diversas lojas. Durante dois anos eles ficaram escondidos, vivendo sempre na apreensão de saberem que podiam ser traídos ou descobertos a qualquer momento e mandados para um campo de concentração. Apesar disto, eles sonham com dias melhores, ao mesmo tempo em que Peter e Anne se apaixonam.
Eu já li o diário, mas acontece que essa edição em especial é a mais perfeita que eu já vi em toda a minha vida! A capa é dura e macia. As cores são lindas e somadas com a história fantástica fazem meu desejo de ter esse livro crescer 10x mais. 


Dilúvio

   Na continuação de Lágrima, Lauren Kate nos proporciona a continuação da história de Eureka, cujas lágrimas inundaram a terra e agora trazem Atlântida de volta. Com o reino perdido retorna Atlas, seu malévolo monarca, e Eureka é a única que pode detê-lo. Mas para isso, ela precisará viajar pelos oceanos com Cat, Ander e sua família. E apenas com sua força interior ela poderá adquirir o conhecimento de que precisa para derrotar Atlas – antes que ele se aproveite de seu coração partido para alimentar seu reino.
Eu já li Teardrop e sou apaixonada com a história. Amo a escrita da Lauren e os seus personagens e espero muito de Dilúvio. Nunca me decepcionei com ela e tenho grandes expectativas para essa leitura. 


Além do Planeta Silencioso 

   Além do Planeta Silencioso - Um malvado cientista chamado Weston seqüestra o insigne doutor Ransom e o envia, contra a sua vontade, para o planeta vermelho de Malacandra. Ali o aguarda um triste fim: converter-se na vítima de um sacrifício. Entretanto, uma vez em Malacandra, Ransom consegue escapar de seus captores e descobre que se encontra em Marte, um mundo povoado por seres inocentes e sem pecado, que vivem em harmonia com o resto dos mundos do Campo da Árvore, o sistema solar, amparados pela benéfica influência do Criador, Maleldil e que nunca conheceram a maldade do oyarsa rebelde que vive em Thulcandra, a Terra, o planeta silencioso e isolado que não fala o idioma da Árvore.
Nem preciso dizer muito sobre esse livro. O fato dele ser do Lewis já é justificativa suficiente para eu querer lê-lo haha. Uai, gente. É meu autor favorito <3


Cidades de Papel

   Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.
   Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.
   Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.
Vi o trailer do filme e fiquei bem curiosa em relação a ele. Não sou fã do John, mas confesso que estou com boas expectativas. Quero ler antes do filme sair, para poder fazer um post para vocês. 

Essa é a minha Wish. Agora vou mandar o link para as minhas tias para ver se o coração de alguma delas amolece haha

Post Top Ad

Instagram