Post Top Ad

{Resenha} O medo de Virgília - Rosa Mattos

Oi, oi pessoas!
Hoje eu venho aqui com a resenha de um nacional. Quanto tempo, não?

O medo de Virgília


Editora: Selo Jovem
Ano: 2014 
Páginas: 200
Nota: 5/5
O medo de Virgília - Cercada por pessoas desajustadas (psicopatas, neuróticas, depressivas, insanas, obsessivas, fóbicas e inescrupulosas), Virgília luta para manter sua sanidade mental. 
Dividida entre cuidar da própria vida e ajudar seus familiares que precisam dela financeiramente, muda-se de Cristal (pequena cidade gaúcha) e vai morar sozinha em Porto Alegre, num apartamento herdado pela mãe. Assim, poderá ficar mais perto de Marília, sua irmã mais nova, internada numa clínica depois de tentar matá-la, após sofrer um surto psicótico. 
Virgília começa a trabalhar como gerente de uma joalheria. Lá, ela conhece Alex, o entregador de joias e os dois se apaixonam. Em pouco tempo, serão envolvidos por um laço de amor que os manterá unidos, contra todas as adversidades. 
Além de ser um homem apaixonante, Alex possui um dom incomum, que o torna capaz de tirar vidas, ou salvá-las. E este seu dom, terá um papel importante para os rumos desta história. 
Uma trama onde o grande mistério é descobrir como Virgília conseguirá lidar com tantas situações difíceis que a cercam, sem enlouquecer. 
   Virgília é uma pessoa simples e caridosa. Sua família é conturbada, repleta de maníacos, e ela vive tentando manter-se sã. Mora sozinha desde que sua tia morreu após discutir com o namorado. 
   Ela acaba de ser contratada para trabalhar em uma joalheria muito famosa, e ao mesmo tempo que fica feliz, isso a deixa um pouco angustiada, porque ela precisa trabalhar com bens tão preciosos e ao mesmo tempo conviver com seus medos interiores de possíveis surtos.
   Alex é um entregador de jóias misterioso que chamará a atenção de Virgília logo de cara, e com o passar das páginas a atração entre eles é gigante. 
Mas os mistérios de Alex não são simples, ela estaria preparada para enfrentá-los?
   Quando eu iniciei a leitura do livro, confesso que não estava muito animada, mas quando comecei a me envolver com a história foi inevitável. 
   Narrado em primeira e terceira pessoa, o livro intercala os capítulos com versões da personagem principal e da própria autora que busca nos apresentar melhor os outros personagens. 
   Conhecendo os personagens e os motivos pelos quais cada um fez o que fez, eu comecei a ficar um pouco entusiasmada em continuar a leitura e quando vi, já estava envolta do mundo de Virgília. 
   Virgília é uma personagem fantástica que tem uma história incrível, e apesar dos seus medos é corajosa. Um exemplo de mulher, que você se identificará logo nas primeiras páginas. 
"Somos únicos. Ao mesmo tempo, tão facilmente substituíveis. Porque a vida não para."
    A história segue de maneira leve e tranquila, e por ser um livro curto você o termina em poucas horas. E eu já estou querendo a continuação.
   Esse é o segundo romance da autora, mas mesmo sendo "iniciante" sabe envolver o leitor com suas palavras. Quando eu terminei o livro fiquei um tempo pensando em todos os quotes incríveis que esse livro possui. 
   No fim, eu gostei muito da história, narrativa, quotes, tudo. É um nacional fantástico que vale a pena ser lido. Super recomendado! 
 "A pessoa mais desprezível tinha de ser justamente quem mais a amava."
 Outro livro da autora:

Um comentário:

  1. Eita,estou com ele aqui e já já começo a leitura, lendo a sua resenha me animei mais ainda,espero gostar tanto quanto você.


    bjs

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram