Post Top Ad

{Sessão Pipoca} Cinquenta Tons de Cinza

Oi, oi pessoas!
   Ontem foi o grande dia. A estréia de Cinquenta Tons de Cinza ocorreu no Brasil deixando os leitores eufóricos e os críticos de cabelo em pé. 
   A adaptação do polêmico livro da autora E.L James, chegou ao Brasil na última quinta feira dia 12, mas já estava sendo aguardada e comentada ha muito tempo. 
   A história da jovem e pura Anastasia que se apaixona perdidamente pelo milionário Christian Grey é narrada em três livros. Neles podemos acompanhar um romance conturbado e um tanto diferente. O magnífico Sr. Grey  é um dominador, ele utiliza técnicas sadomasoquistas para sentir e dar prazer as mulheres com quem tem relações.
   Antes de Ana, ele jamais havia dormido na mesma cama que uma mulher e nem tido nada mais do que sexo.  Mas nós sabemos bem que isso não continua assim, e então ambos embarcam para esse romance polêmico no mundo inteiro. 
   Como se já não bastasse o fato do livro abordar um tema que até então era ofuscado, Cinquenta Tons de Cinza nada mais é do que uma fanfic do tão criticado e julgado Crepúsculo. Então de uma hora para outra o livro ganha um destaque imenso, é lançado por uma editora gigante e temos o livro mais vendido e mais criticado dos últimos tempos. 
   A chuva de críticas negativas não interferiu na decisão de Sam Taylor - Johnson quando a mesma aceitou dirigir o filme. 
  A escolha dos cast também gerou "picuinha", mas desta vez entre os fãs da trilogia. Alguns (vários) chegaram a fazer um abaixo assinado para que o ator Charlie Hunnam não fizesse o papel do tão amado Christian. Não sei se esse foi o motivo, mas o mesmo desistiu do papel. 
   Logo depois foi confirmado que Dakota Johnson e Jamie Dornan seriam Ana e Christian. 
   A divulgação do filme começou bem cedo, as apostas eram grandes e isso só deixava as pessoas mais empolgadas e curiosas. 
   No Brasil, inicialmente o filme iria ser 18+, mas depois de muito apelo dos fãs (inclusive eu hehe) a classificação abaixou para 16+, deixando muitas pessoas revoltadas. Como um filme de um livro com cenas tão fortes poderia ser apropriado para adolescentes? 

Vamos falar do filme! 

    Além dos Rolling Stones, temos Ellie Goulding, Annie Lennox, Sia, Beyoncé Frank Sinatra na trilha sonora do filme que foi bem utilizada durante o longa. 
   Os ambientes em que o filme acontece são muito parecidos com os narrados no livro.
   Com mais de duas horas de filme, conseguimos acompanhar de maneira resumida o que o casal passa no primeiro livro. 
   Apesar de muitas (quando eu digo muitas, são muitas mesmo) cenas importantes terem sido cortadas o filme conseguiu passar a essência do primeiro livro. 
   Ana tímida e recatada do livro foi substituída por uma Ana irônica e extrovertida. Isso me assustou inicialmente, mas tenho que admitir que gostei disso. Talvez se tivéssemos uma   Ana como nos é apresentado no livro, demoraria um pouco mais, e deixaria as coisas um pouco mais enroladas. 
   Jamie conseguiu passar bem o Christian Grey. Li algumas críticas sobre a atuação dele dizendo que ele estava frio, mas acontece que com a falta das cenas, eles acabaram retirando as que demonstravam o lado mais carinhoso do Christian. Um grande exemplo é a cena em que ele passa pomada e oferece um remédio para dor. Esse seria um momento em que poderíamos ter esse afeto demonstrado e acabamos não tendo. 


Outra personagem que também mudou 
quando foi para as telas foi a Kate, e isso eu não gostei mesmo. Acho que a personalidade forte dela deveria ter sido mantida. 



   Nos vinte minutos de sexo distribuídos em doze cenas temos muito peito de Dakota e pouca bunda de Jamie hahaha. Não podia deixar de comentar isso. Eu ouvi muitas mulheres frustradas. 
   As cenas de sexo foram bem trabalhadas, nada muito explicito. E ao assistir chegamos a conclusão de que sim, o filme é apropriado para 16 anos
   E o fato do filme ser coerente com a classificação recebida, significa que deixou muitas mulheres bravas. É evidente que a maioria dos leitores dos livros ao ir no cinema esperavam mais cenas de sexo, mais quentes, melhor desenvolvidas de acordo com a narração feita no livro. 

   O clímax do filme não chegou. Isso ocorreu pelo simples fato de que cortaram uma cena MUITO importante. E então de uma hora para outra começamos a acompanhar uma intriga que ali não existia e já estamos caminhando para o final do filme. Pessoas que não leram o livro provavelmente ficaram confusas. 

   No fim, eu fiquei satisfeita e insatisfeita (como?) haha. Gostei bastante do filme, eu estava esperando a muito tempo. Gostei dos cenários, das atuações e acima de tudo, gostei de ver que pequenos detalhes foram mantidos. Mas também esperava mais, esperava cenas que foram cortadas, diálogos, explicações. Parece que tudo foi tão rápido. 

O filme é leve, sexy, engraçado e fluído. O tempo voa enquanto você o assiste.

   E adivinhem com quem eu fui ver o filme? Arrastei para o cinema comigo o Dudu do Portal Nerd e o Plínio do Entre Séries e Livros. E as nossas opiniões são bem diferentes, já que eu li todos livros, o Plínio leu apenas o primeiro e o Dudu não leu nenhum. Vocês já acompanharam a minha opinião nesse post enooorme. E agora, eu vou deixar um pedacinho da opinião do Dudu para vocês (o Plinio foi viajar e por isso não pode me mandar. Aproveita as férias, Coelho <3).

   "Devo começar dizendo, que por não ter lido o livro, tinha uma certa imagem ruim deste, imaginei então que o filme seria a mesma coisa. Felizmente, tenho que discordar com as críticas negativas que li a respeito dele, pois amei o filme.
   Engraçado, misterioso e até posso dizer que há certa fofura em relação aos personagens. Ana está absolutamente engraçada no filme, esse humor dado em quase todo o filme, quebra o tabu de que um filme erótico não possa explorar o lado humorístico da vida.
    E o Sr. Grey, está maravilhoso no papel do personagem. Sedutor, bonito e mandão. Jamie conseguiu ser o próprio Grey, e hora nenhuma senti que o ator estava travado, como ouvir dizer de muitos.
   A característica principal do filme é  o estilo "um diferenciado do Grey sentir prazer na hora do sexo", o sadomasoquismo está em cheio no filme. Algemas, chicotes, açoites, cordas e tudo que o possa imaginar são  os brinquedos utilizados no filme.
   Apesar do erotismo, não achei que o filme ficou pesado e impróprio para adolescentes de 16 anos, na qual foi a classificação etária do filme. 
   Mesmo sendo um filme pouco aceito por muitos religiosos entre outros, o filme tem uma história, podemos ver o sofrimento que o Grey passou a ser abusado quando criança. 
   Para quem não viu o filme, vale a pena conferir e tirar suas próprias conclusões. Eu mesmo estou ansioso para ler o livro e pela continuação do filme." - Dudu

E é isso, pessoas. Me digam ai: Vocês já assistiram? Vão assistir? 


4 comentários:

  1. Bárbara, fui ver o filme hoje e ainda estou empolgada com ele. Confesso que me apaixonei pelo Jamie, sério mesmo. Fiquei com a sensação de que o filme passou rápido demais e que faltaram algumas coisas importantes, mas mesmo assim gostei do que foi exibido. A minha cena favorita foi a última no quarto vermelho por conta da expressão do Jamie. Quero ver de novo. KKKKKK
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Bárbara!
    Você foi indicada pra responder uma tag lá no blog. Pode fazê-la por escrito aqui no Toca dos Livros
    http://literaturaeeu.blogspot.com.br/2015/02/video-tag-know-your-blogger.html#more

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que baixaram a indicação do filme, não é?!?! kkkkk
    Realmente, Bárbara! Rebuliço foi o que não faltou no lançamento dos livros e, agora com os filmes. Desde que saiu a notícia da adaptação que ele vem sendo notícia e assuntos principais em várias conversas. Por vezes por causa de escalação de elenco, direção, etc. Como não li/assisti, não tem como dar uma opinião, mas vi pessoas que amaram e pessoas que odiaram. Enfim, pretendo ler/assistir e tentar voltar al mundo, pois me sinto um peixe fora d'água. kkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Concordo com os seus comentário!! Você já sabe da minha opinião sobre essa trilogia que conquistou leitores pelo romance conturbado e misterioso de Ana e Christian e agora conquista fãs pelas telonas do cinema *-* Aproveitado, quem nunca leu à trilogia deveria!! Anteriormente, eu menosprezava 50 tons devido às críticas e ao tema, agora, após assistir ao filme, mudei minha concepção e tornei-me um verdadeiro amante da série... Por isso, não se prenda a comentários negativos e aos olhos de uma sociedade ainda caduca, leia, conheça, dê uma chance!! Talvez vá supreender-se ou não kkkk *o segundo é o melhor p mim ;) Bjks Bah e parabéns pelo blog \o/

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram