Post Top Ad

{Meta Concluída} A Batalha do Apocalipse

Oi, oi pessoas!
   Vocês se lembram que no ano passado eu trouxe algumas dicas de leitura? Nesse post eu também disse que iria usá-las para terminar de ler A Batalha do Apocalipse. 
   Esse livro foi o livro mais complicado que eu já li na vida! Mas eu terminei de ler e infelizmente no final da leitura eu ainda estava com a minha opinião do incio: Essa história não é para mim. 
 Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
   O livro por ser extremamente descritivo me deixou estressada em alguns momentos, e eu quase desisti. 
   O livro é narrado de uma maneira fria e mecanizada. Eu não consegui sentir tudo que o autor tentou passar para o leitor. 
   Os personagens não me prenderam e a escrita não me convenceu. 

   Spohr é um grande escritor com uma enorme quantidade de fãs, mas que infelizmente não me agradou. 
    Mas a meta foi concluída! E vocês? Já conseguiram ler aquele livro que estava preso na estante?



11 comentários:

  1. Cara, eu sempre tive um pé atrás com o livro. Pq? não é meu gênero favorito e nem a temática me agrada (no momento, sabe?) Segredo: sempre leia a sinopse e se estiver numa livraria, dê uma bisolhadinha nos primeiros capítulos... não bateu? Nem se esforçe. Motivo? Leitura é algo pra ser prazeroso... ficar se arrastando...se esticando... só faz mal :/

    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  2. Tinha muita vontade de ler A Batalha do Apocalipse, gosto bastante da temática e achei a sinopse interessante, mas quando li a palavra mecanizada na tua resenha, perdi completamente o entusiasmo. Uma das coisas que eu acho mais importantes num livro é a sensibilidade, independente do tema do qual ele trate. Acho que o autor precisa escrever de uma maneira com a qual possamos nos identificar com as personagens, saber o que eles sentem, o que pensam, nos colocar no lugar deles, só assim conseguiremos 'sentir' a história. Então, não, não curto escrita mecanizada, mesmo que o tema peça isso, praticamente. E outra vez não, ainda não consegui ler Garotas de Vidro hahahahaa

    ResponderExcluir
  3. Oi Babs!
    Esse foi realmente um livro que me decepcionei. Achei os personagens super aguados, e a premissa um tanto longa demais. A narrativa teria feito melhor efeito se o autor não tivesse enrolado tanto em finalizar o livro. E pior, final previsivel demais. Aff, broxante!

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá linda, tudo bem?
    Estou passando aqui para ver as novidades e também dizer que já estou seguindo o seu blog, porque achei simplesmente maravilhoso tudo aqui.
    Espero ter a oportunidade de visita-la mais vezes para ver resenha de seus livros e também de ver outras novidades.

    Tipo, eu ainda não li esse livro, mas eu fico feliz que tenha finalizado a meta.
    É muito bom quando conseguimos algo que tanto queremos né? Espero que ainda venha a ler muitos livros maravilhosos durante o ano =]

    Outra coisa, gostaria de convida-la para ser parceira de meu blog...gostaria?
    Qualquer coisa me dá um toque e pode pegar o link-me ok? Fico no aguardo
    beijinhos linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estou com esse livro em PDF há algum tempo e sempre fico adiando a leitura. Uma pessoa me falou bem dele, mas as resenhas que li a respeito se dividem. A temática até me agrada, mas acho que o "santo não bateu". Pretendo lê-lo, só não sei quando.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Ei Baaaabs!
    Só quem te acompanha pode saber o quanto você "não gosta" desse livro. Fico feliz que você tenha conseguido terminar, agora casar, viver, e participar dos Jogos Vorazes é moleza! HAHAHHA, que orgulho <3
    Beijos,
    Mar.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive curiosidade de ler esse livro e quando comprei até cheguei a ler algumas páginas, mas não gostei muito não. Depois disso acabei emprestando e nunca me devolveram o livro hahahaha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oláa!
    Eu não tenho a mínima vontade de ler esse livro. E assim, quando começo uma coisa gosto de terminar, mas se é um livro que não está me agradando, que não vai pra frente eu paro de ler mesmo, porque se não acaba se tornando algo obrigatório, e ai fica pior.
    É chatinho mesmo quando tem muita descrição, dá uma preguiçaaaa!

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Que pena que não curtiu tanto o livro, eu tenho curiosidade em ler ele, porém ele é enorme né, um amigo meu leu recentemente e amou a historia, não sei se irei ler e nem quando, mas fico feliz que tenha conseguido terminar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Complicada essa situação, hein?!?!
    Já li algumas resenhas sobre esse livro e, quase todas bateram nessa mesma tecla de que é descritivo demais. Sem falar na questão que o autor não extraiu tudo o que a trama poderia fornecer. Uma pena!
    Mas o bom é que você conseguiu finalizar a leitura. Em relação a finalizar uma leitura como essa, eu tento ler, pelo menos, um capítulo por dia. E tem funcionado bastante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Adquiri esse livro recentemente por indicação de uma amiga, porque ela gosta muito desse autor. Que pena que ele não funcionou para você, espero que funcione pra mim... Mas foi bom porque você conseguiu finalizar a leitura :)
    PS: O layout do seu blog é lindoooo, mds, vou roubar! #Mentira.
    Beijo, já estou seguindo~
    Choque Literário

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram