Post Top Ad

{Resenha} Um Milagre Chamado Grace - Kristin von Kreisler

Oi, oi pessoas!
Dezembro é um mês ótimo não é mesmo? Férias, natal, comida, férias, férias, férias <3 
Hoje eu vim com um livro que olha... me deixou muito abalada (disse isso na Tag Boyband) Um Milagre Chamado Grace é um dos livros sobre animais mais emocionantes que eu já li.
Faltam 3 dias para as férias 
Faltam 16 dias para o Natal


 

Editora: Única
Ano: 2014
Número de páginas: 286
Nota:  5/5
Você nunca mais verá os olhos de um cão da mesma maneira…
Depois de ter sobrevivido a uma tragédia em que vários de seus amigos foram mortos, Lila Elliot sabe que suas cicatrizes só amenizarão com o tempo. E ela é grata pelo carinho de sua melhor amiga, que a hospedou em sua casa para que ela não ficasse sozinha e recebesse seus cuidados. Entretanto, algo em seu coração não consegue esquecer a tristeza e a dor desse trauma. Até que ela conhece Grace, uma golden retriever que sofreu abusos e maus tratos, mas que havia sido resgatada por Adam, um homem de bom coração que não suportou ver um animal tão triste e sofrido. Lila, que tem verdadeiro pavor de cães desde a infância, terá de dividir o espaço com Grace. As duas precisam de amor e de tempo para superar suas tragédias pessoais. Grace mantém distância de Lila, pressentindo o medo que ela sente. Aos poucos, porém, Lila consegue enxergar pelos olhos de Grace o amor e a coragem que são tão importantes para seguir em frente. Um romance apaixonante, sobre os dramas da vida, as incertezas e o amor que chega inesperadamente.

   Lila Elliot é uma mulher comum, mas que possui um trauma imenso por cachorros. Após ser mordida quando criança ela cresceu evitando-os.
  Em um dia qualquer como todos os outros ela vê o zelador do prédio onde trabalha enlouquecer e começar a atirar nas pessoas, inclusive nela. 
   Felizmente, Lila consegue se escapar e se recuperar e depois que ganha alta do hospital, vai para a casa de sua amiga Cristina onde continuaria a recuperação, mas quando descobre a viagem que sua amiga fará não fica muito feliz. Pois agora Lila terá que tomar conta da casa, e também de uma cadela;
   Grace é uma Golden Retriever que sofreu abusos e maus tratos até ser resgatada por Adam, e estava vivendo na casa de Cristina até encontrar um lar definitivo.
   E ao mesmo tempo que Lila detesta Grace e alega que a mesma é perigosa, Ela também deseja a todo custo saber o motivo do zelador ter atirado nela e nas outras pessoas. Ele precisa de um bom motivo. Ninguém atira nos outros sem motivos, não é? 
Será que juntas elas conseguirão esquecer o passado obscuro para viverem um futuro tranquilo? 

   Primeiramente vamos ao fato principal que me deixou interessada em ler o livro: Cachorro. 

   Por esse motivo eu já estava detestando Lila nas primeiras páginas.  Ela sente repulsa por Grace e isso me irrita! Tudo bem, tudo bem, ela tem um trauma. Por isso tentei compreendê-la o máximo possível. 
   Ela não é uma pessoa ruim, apenas sofreu muito. Relacionamentos frustrados, traumas, empregos insatisfatórios, sempre rodeada de pessoas falsas. Não é muito realizada, mas o meu lado amante de animais não acha que esses motivos são justificáveis para tudo isso.
    Por outro lado, lá está meu amorzinho. A personagem que me encantou do inicio ao fim. Grace sente o medo de Lila e tenta se manter o mais distante possível. Mesmo tendo sido tão maltratada ela não é uma cadela ruim e tudo que ela deseja é ser amada. É dócil, meiga e fofa. 
    E temos também Adam. Eu poderia realmente torná-lo meu marido literário pelo simples fato dele ser tão apaixonado com os animais, tão preservador, carinhoso. 
   O livro segue com uma narração em terceira pessoa que nos deixa observar os dois lados da história, o de Lila e o de Grace. A leitura flui naturalmente e mesmo sendo daquelas de final óbvio te deixam ansiando por mais uma das situações cotidianas que elas vivem
  O final como eu já disse é meio óbvio. A autora deixa isso claro do inicio ao fim e até no titulo. Esse não é um livro que irá te surpreender, mas deixará aquela sensação de reflexão que te fará deitar na cama e olhar para o teto pensando na vida. 
  E eu amei. Eu amei esse livro, a história, os personagens (mesmo Lila sendo irritante) amei como ela se desenrolou e amei acima de tudo o fato de que esse não é só um livro de superação, mas sim um alerta. Existem muitos casos de maus tratos com animais, alguns visíveis, outros não. Mas não podemos deixar de denunciar! 
                      caes_gatos 

  • Busque evidências e testemunhos que comprovem suas suspeitas. Se possível, tente conversar com o acusado de agressão, deixando claro que os animais são protegidos por leis.
  • Fotografe ou filme os animais que sofrem maus-tratos. Provas e documentos são fundamentais para combater e comprovar.
  • Consiga o maior número de informações possível para identificar o agressor. É importante saber o nome completo, a profissão, o endereço residencial ou do trabalho.
  • Em caso de abandono ou atropelamento, anote a placa do carro para levantar a identificação no Detran.
  • Não tenha medo de denunciar. Você será considerado somente uma testemunha do caso.

SUL (RS – 181 SC – 181 PR – 181)

SUDESTE (SP – 181 MG – 181 RJ – (21) 2253-1177 / 0300-253-1177 [Petrópolis])
NORDESTE (BA – 3235-000 (capital) / 181 (interior) SE – 181 AL – 0800-2849390 Polícia Civil / (82) 3201-2000 P.M. PE – (81) 3421-9595 (capital) / (81) 3719-4545 (interior) PB – 197 RN – 0800-84-2999 CE – (85) 3488-7877 PI – 0800-280-5013 MA – 3233-5800 (capital) / 0300-313-5800 (interior) TO – 0800-63-1190)

NORTE (PA – (94) 3346-2250 / 181 AM – 0800-092-0500 RR – 0800-95-1000 AP – 0800-96-8080 AC – 181 RO – 0800-647-1016)
CENTRO-OESTE (MT – 197 MS – 147 GO – 197 DF – 197)
 


 

17 comentários:

  1. Oun que coisa fofa. Eu amava livros de cachorro até que meu coração foi partido, despedaçado e pisado depois que eu li Marley e Eu kkkkkkk por isso acabei dando um tempo nesse estilo e não sei se ainda estou preparada para voltar. Amei sua resenha e também acho super importante que estejamos sempre atentos a qualquer tipo de violência contra animais e denunciar sempre.
    beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Já nem sei mais se leio ou não, vejo resenha de uma blogueira = não gostou, vejo outra = amou D:', que confusão. Mas sinceramente eu tenho vontade de ler, eu amo cachorros e a Grace é uma fofa. Não gostei tanto da Lila, me pareceu cheia de mimi, e traumas de cachorro, tá tudo bem foi mordida, mas que exagerada gente, nem todos são iguais.
    Eu odeio quem maltrata animais, não importa qual for. Já vi gente batendo e sinceramente? Tenho vontade de realmente matar. O animal não pode se defender e ama tanto o dono, pra que fazer isso? ataque de fúria? não se desconta em bichinhos.
    Abraços Bárbara,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bárbara!!!

    Eu também tenho um problema sério, não consigo adorar um animal e nem chegar perto e qualquer movimento que um faz perto de mim que já sinto medo. Mas mesmo assim quero o bem deles, por isso nunca um cochorro aqui em casa porque não saberia cuidar com dedicação que todos devem ter quando se tem um bicho de estimação. E acho que justamente por esse meu trauma que não sei de onde vem, não tenho interesse em livros com esse tema por mais que possa ser emocionante, mas se tiver eu leio numa boa, inclusive O Guardião de Nicholas Sparks tem um cachorro que salvou a vida de uma pessoa que me deixou muito emocionado.
    Enfim, que bom que adorou a leitura!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Que livro emocionante, amo essas histórias de amizade entre um ser humano e um animal, sem nem ler o livro, já comecei a gostar de Adam, simplesmente pelo fato dele amar animais, por ele ter resgatado a cadela, eu sou apaixonada por animas, tenho muito apego com eles desde criança, e se tem uma coisa que me deixa muito indignada, é ver alguém maltratando um animal, seja um gato, um cachorro, um cavalo. Duas coisas que me deixaram curiosas é saber qual o motivo do zelador ter atirado na Lila e nas outras pessoas e se rola alguma coisa entre Lila e Adam.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Bárbara, tudo bem? Nossa, esse livro realmente parece ser incrível mesmo, sinto que vou gostar. As duas realmente sofreram bastante, e é interessante, que o livro além de se tratar de superação, é uma alerta sobre os maus tratos aos animais... e nossa, é incrível como as pessoas são cruéis a ponto de maltratar os animais. Bom, o livro realmente deve ser muito emocionante mesmo, e acho que iria ficar com um pouquinho de raiva da Lila, mas acho que entenderia... o Adam também parece ser um ótimo personagem.

    Adorei a resenha e já quero!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  7. Simm, dezembro é ótimoo! Haha. E nossa, eu acho que nunca li um livro sobre animais. Esse parece ser bem emocionante!
    Eu nunca fui muito fã e amante de animais, nunca fui de ficar agarrando e beijando como muita gente faz, rsrs. Mas ao mesmo tempo não tenho nada contra, não imagino o que dá na cabeça das pessoas pra maltratar um :( E ultimamente tenho ficado muito sensibilizada por causa de muitos amigos que perderam seus cachorrinhos, e gente, que dó, eles ficam tão mal!
    Mas falando do livro, gostei, acho que vai ser o primeiro livro que lerei com animais! Ótima resenhaa!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Bárbara!

    Achei a premissa do livro fantástica. Embora nunca tenha lido nenhum livro sobre animais, gostei bastante do tema abordado e dos pontos elencados por você. Espero adquirir esse título em breve!

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Adorei a resenha, que bom saber que o livro não vai me surpreender, e que já dá para imaginar o que vai acontecer, mas adorei mais ainda saber que ele é reflexivo, creio que temos muito a aprender com o livro, eu amo cachorros, ainda não li nada parecido com Um milagre chamado Grace, mas creio que irei gostar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Amei que voce colocou os telefones no final do post. Sinto que esse livro deve ser realmente incrivel, mas eu ando buscando livros q nao me façam chorar e como sou muito apegada com animais, sinto que eu iria me acabar em lagrimas com esse ai. Acho que ja nao gostei da Lila so pela resenha kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Oi Baaaaaaabs!
    Me comovi com sua comoção, sério!
    Fico chocada com esses temas que abordam qualquer tipo de animal.
    Adorei sua iniciativa de colocar informações no final, sério!

    Beijos,
    Mar.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Se tratando de animais, meu coração já vira gelatina.
    Me emocionei com "Sempre ao seu lado ", chorei com "Marley e Eu " e , com certeza, iria me encantar com Grace.
    Me interessei pela premissa do livro, contudo não sei se posso afirmar o mesmo dos personagens, me pareceram um pouco fúteis ou irritantes ( uma personagem em especial u.u ).
    Eu tenho fascínio por todos os tipos de animais e me enoja saber que algumas pessoas tem a capacidade de ferir essas criaturinhas.
    Recentemente ajudei a salvar um gatinho de rua e minha cachorrinha foi adotada para que não voltasse as ruas. Se as pessoas soubessem o quão gratificante é, não se recusariam em ajudar !!

    ResponderExcluir
  13. Esse livro parece ser a coisa mais fofa do mundo e essa capa é ainda melhor!
    Sempre que falam de animais meu coração já aperta até porque tenho dois aqui em casa.
    Muito legal da sua parte colocar os telefones no final do post ^.^

    ResponderExcluir
  14. Eu não fazia ideia de que este livro era tão maravilhoso! Não li, mas pela sua resenha, dá pra perceber! Quero ler, sem dúvida.
    Parabéns pelo post super informativo! É a primeira vez que vejo um blog se preocupar com essa causa <333

    ResponderExcluir
  15. Esse livro parece ser muito amor, pelo simples fato de falar de cachorro! hahah Sou apaixonada por animais e tenho certeza que vou adorar ler esse livro, ainda mais por deixar uma reflexão por trás né? Adorei (:

    ResponderExcluir
  16. Eu sou completamente apaixonada por animais! hahah E tenho certeza que vou adorar esse livro pelo motivo óbvio né? rs ainda mais quando nos deixam reflexões após a leitura... esses são os melhores rs Gostei (:

    ResponderExcluir
  17. Eu posso dizer que os animais são a minha maior paixão desde sempre. Sou dessas que saem pelas ruas acariciando e conversando com os cahcorrinhos hahahaha não consigo compreender pessoas como Lila, entendo que tenha um trauma mas acho que não é possível julgar todos os animais por um. Além disso, Golden é uma raça super dócil e brincalhona, ela teria todos os motivos para se aproximar da cachorrinha. Eu amei a trama e o Adam hahahaha acho super importante alertar as pessoas sobre todos os maus tratos que os animais enfrentam diariamente, e adorei a tua iniciativa de colocar os telefones ao final do post!

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram