Post Top Ad

{Resenha} O Doador de Memórias - Lois Lowry

Oi, oi pessoas!
Hoje eu vim com uma resenha de um livro que virou filme e ficou bem famoso! Vamos com O Doador de Memórias.

 
Editora: Arqueiro
Páginas: 192
Ano: 2009

Nota:3/5

Ganhadora de vários prêmios, Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existe dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não existe amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes da pequena comunidade, satisfeitos com suas vidas ordenadas, pacatas e estáveis, conhecem apenas o agora - o passado e todas as lembranças do antigo mundo foram apagados de suas mentes. 
Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. 
Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar. 



   Jonas vive em uma sociedade perfeita. Com sentimentos mascarados, sem desigualdades, sem cores, sem problemas, não existe absolutamente nada. É tudo sempre certo como tem que ser.

   Ao completar 12 anos, todas as crianças da sociedade são enviadas para uma grande cerimônia e nela saberão que papel assumir quando adultos.
    Ele não conhece dor nem amor e não sabe se o que acredita ser felicidade é mesmo estar feliz. Isso acontece porque as pessoas decidiram evitar quaisquer conflitos e problemas que envolvam os conturbados sentimentos. 
   Quando é escolhido para ser o próximo "Recebedor de Memórias", descobre que terá que manter consigo todo o conhecimento do passado que as outras pessoas da sociedade não possuem.  
   E agora ele precisa decidir entre manter a integridade da sociedade e a busca por novas respostas.


"Não entendo o que é coragem: o que é, o que significa."
   Esse livro vem com o objetivo de abalar os leitores e nos fazer refletir sobre a vida. 
   No decorrer da história você para e pensa: “Será que um mundo assim é realmente ruim?”. Mas Jonas vai nos mostrando a resposta conforme suas lembranças vão chegando. Ele está disposto a viver.
  Os personagens são bem criados e estruturados e até os que aparecem com menos frequências são necessários no decorrer da história. 
  Jonas é cativante e emocionante. Em todas as vezes que se encontra com o Doador as cenas são arrepiantes. Incrivelmente bem descritas em poucas páginas. 
“As pessoas são fracas, as pessoas são egoístas. E elas sempre fazem as escolhas erradas.”
  O que realmente me incomodou é o fato que a autora nos joga nesse futuro sem a explicação do porque ele existe. O livro é cheio de lacunas e eu senti falta de algumas explicações. 
  O fato de ser o primeiro e de já possuir suas continuações me deixa mais calma e com esperança de que todas as dúvidas sejam explicadas como decorrer dos próximos livros. 
  O final é vago, não senti aquela imensa vontade de correr na livraria e adquirir sua continuação, mas pretendo conferir os próximos livros e ver se a minha visão sobre a série muda. 
  A história é muito emocionante e reflexiva e por isso a leitura vale a pena. 
  O Doador de Memórias é uma das primeiras distopias lançadas e serviu de inspiração para grandes obras distópicas. 
  Recomendo a leitura para quem deseja embarcar em mais uma distopia. 
   O Doador de Memórias virou filme esse ano. Até rolou uma promoção aqui no blog valendo alguns ingressos.
  Foi dirigido pelo renomado Phillip Noyce que já foi indicado a mais de 20 premiações de cinema! O elenco é composto por grandes atores e a trilha sonora é magnífica!
"Curioso é que esquecemos rápido nossas alegrias, embora sempre façamos com que o sofrimento dure mais do que o necessário"


Vale a pena conferir! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Instagram