Post Top Ad

{Resenha} Dark House - Karina Halle

Oi, oi pessoas! 
Hoje eu vim com  a resenha de um livro da Editora Única que eu estava querendo muito! Eu o li faz algumas semanas, mas a inspiração da resenha só veio agora haha. Vamos lá?
 
Editora: Única
Número de Páginas: 352
Ano: 2014 

Nota: 4/5
Há sempre algo fora do normal em Perry Palomina. Embora ela esteja vivendo uma crise ao passar pela síndrome pós-faculdade, assim como qualquer garota de vinte e poucos anos, ela não é o que chamaríamos de comum. Perry possui um passado que prefere ignorar, e há também o fato de que ela consegue ver fantasmas. Tudo isso vem a calhar quando se depara com Dex Foray, um excêntrico produtor que está trabalhando em um webcast sobre caçadores de fantasmas.Dex, que se revela um enigma enlouquecedor, arrasta Perry para um mundo que a seduz e ameaça sua vida. O farol de seu tio é pano de fundo de um mistério terrível, que ameaça a sanidade da moça e faz com que ela se apaixone por um homem que, como o mais perigoso dos fantasmas, pode não ser o que parece.

       Perry é uma mulher  de 22 anos frustrada com sua vida e há tempos vem tendo sonhos esquisitos.

      Formada em Publicidade, sempre imaginou que nasceu para fazer algo incrível, porém isso não aconteceu, e hoje ela vive em uma recepção enquanto a vida passa.

     Na adolescência, sempre foi quieta, vivia em seu canto e as pessoas não lhe davam importância. Muito diferente de sua irmã que está nessa fase e já segue um caminho prestigiado. Com um blog que lança tendências a garota já tem uma legião de leitores e parceiros.

       A vida de todo mundo está caminhando, uns já tiveram seu auge, outros estão indo em direção a ele. E Perry? Ela não sai de onde está.


“Eu estava uma merda, mas era comum ficar assim...”
        Quando ela sai para um final de semana em família, e visita um intrigante farol desativado sua vida começa a mudar.  O lugar é sombrio e estranho e mesmo assim Perry decide invadi-lo e lá acontecem coisas confusas e ela não sabe se está imaginando tudo ou se são realmente reais.

       Dex Foray aparece em sua vida e logo ela se vê em uma bagunça de emoções que por falta de experiência, não sabe controlar.

       Quando sua irmã fica doente e pede Perry para publicar em seu blog, ela logo decide que relatará sua história vivida no Farol. E é dessa forma que Dex retorna para sua vida, propondo que façam um programa sobre fantasmas e a primeira filmagem aconteceria la.

Ela fica muito animada com a proposta e logo aceita, mas ao chegar lá às coisas não são como eram e Dex não é mais o Dex.

         Vamos falar dessa história fantástica que me deixou de boca aberta. O livro que no inicio não parece ser nada assustador, termina nos deixando sem unhas. 
Os pontos chatos da personalidade da personagem principal se interligam com a história e dão desenvolvimento a ela, de modo que, você não quer parar de ler mais. 
           É interessante a narrativa que o livro possui. Consegui imaginar perfeitamente o que foi dito, mas ao mesmo tempo me senti um pouco distante de Perry. 
 "De repente, me senti

inexplicavelmente apavorada."
         A diagramação está impecável e mais uma vez dou os parabéns para a editora, que vem apostando em qualidade. Amo livros bonitos. A vontade de ler até aumenta. 
         Esse ainda é o primeiro livro, então não sei o que me aguarda nos próximos volumes, mas estou bem ansiosa para embarcar nessa aventura! 
      Se você é aquele tipo de pessoa medrosa (eu) que qualquer coisinha te assusta, recomendo esse livro para ser sua entrada no mundo macabro do terror. Se você já está calejado de tantas histórias e deseja ler esse livro... Tenha paciência. O terror chega com calma e no inicio da história é dele que você sente falta. 
           É um livro que eu recomendo! 

2 comentários:

  1. Oie, tudo bem?

    A descrição que vc faz da personagem faz com que ela pareça está péssima, quase em estado de depressão. Essa sensação que ela sente q nasceu para fazer algo incrível é bem típica de adolescentes, que acham que conseguem abraçar o mundo.
    O fato da irmã ser bem sucedida enquanto ela não, já é bem clichê, mas deve se encaixar bem nessa estória.
    Com a sinopse e o sua resenha, eu não consegui entender muito bem o porquê do livro ser classificado como terror e/ou suspense.
    A capa é realmente muito linda, provavelmente eu compraria o livro só por causa dela, se eu a visse em uma livraria. Mas pelo que me foi apresentado aqui, esse livro não vai para a minha lista pessoal, não porque ele seja ruim (não posso falar isso, pq eu não o li) mas porque não me interessou mesmo.

    O blog está muito bom e vou acompanhá-lo mais de perto. Espero que vc não tenha se chateado com minha opinião sincera. Abraços...

    http://newworldbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Babs.
    Adorei sua resenha, como sempre está ótima *-*
    Ainda não tinha lido nada acerca do livro e fiquei bastante curioso em saber um mais lendo a obra em si, ainda mais sendo um livro esteticamente bonito como disseste. A história é interessante, darei uma chance assim que possível.

    Att
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram