Post Top Ad

29 junho

{Resenha #81} Reconstruindo Amelia - Kimberly McCreight

by , in
Oi, oi pessoas! 
Hoje eu venho aqui com a resenha de Reconstruindo Amelia! Um livro incrível que também estará no top comentarista do mês de Julho. Sim! Isso mesmo, nesse mês tão importante estamos iniciando uma coisa nova, o Top Comentarista. (farei um post no dia 1°)
Reconstruindo Amelia

Editora: Arqueiro
N° de páginas: 352
Ano: 2014
Nota: 5/5
Você conhece a pessoa que mais ama no mundo? Kate Baron achava que sim até receber a devastadora notícia de que Amelia, sua filha de 15 anos, cometeu suicídio pulando do telhado do colégio particular onde estudava. Poucos dias depois, entretanto, uma mensagem anônima em seu celular revela que a morte de sua filha talvez não tenha sido da maneira que as autoridades alegaram. Amelia pode ter sido assassinada? Como advogada, Kate está determinada a descobrir a verdade e, para isso, mergulha no passado da filha, recolhendo cada fragmento de e-mail, cada linha dos textos do blog, cada atualização de status do Facebook. Sempre um passo atrás da verdade, ela descobre um lado de Amelia que nunca imaginaria que existisse.
 Nesse livro acompanhamos o caso de Amelia. Uma jovem de quinze anos, muito inteligente que estuda em uma das melhores escolas de Nova York. Tem uma mãe um pouco ausente e nunca conheceu seu pai. Em um dos dias comuns no trabalho Kate (mãe de Amelia) recebe uma ligação da escola de sua em que pedem para que ela fosse buscar sua filha sem lhe dar real motivo. Ao chegar no local é surpreendida ao encontrar sua filha morta que de acordo com as autoridades se suicidou pulando do telhado da escola. 
Duas semanas depois, Kate recebe uma mensagem com um conteúdo vago no qual dizia: "Amelia não pulou".
Kate que já andava desconfiada disso resolve investigar mais a fundo a vida que sua filha tinha. E descobrirá que Amelia fazia coisas que ela nem imaginava. 
"Pensei em como é ruim ficar trancada do lado de fora; então pensei em como talvez seja pior ficar trancada do lado de dentro". - Virginia Woolf, Um Teto todo seu. (livro favorito de Amelia)
Antes de começar a resenha quero comentar sobre a capa e a diagramação do livro que são a coisa mais perfeita! A Editora Arqueiro está mesmo caprichando nos exemplares. 

Intercalado entre passado e presente, ficamos envolvidos em um enredo que utiliza temas polêmicos, como o bullying, homossexualismo e todos os dramas adolescentes.
A narrativa nos aproxima dos personagens de uma forma simples e única. Eu fiquei realmente emocionada em algumas partes. A autora enfatiza bastante como é importante a presença dos pais nessa fase da vida.

"Minha mãe era tudo que eu tinha e não ficava muito em casa, mas o tempo que passávamos juntas era sensacional e, quando minha mãe não estava, eu sabia que ela gostaria de estar. Às vezes discutíamos por bobagens, mas eu sempre soube que ela me amava. Eu sabia de verdade."
Os capítulos são divididos entre Kate Amelia, sendo terceira e primeira pessoa respectivamente. De um lado uma mãe desesperada para saber o que aconteceu com sua filha, do outro uma adolescente relatando seus pensamentos.

"Afinal, não foi só um erro, uma única vez. Foi um verão de más escolhas provocadas por uma vida inteira fazendo as escolhas certas. Pelo visto, eu só conheço um jeito de errar: magnificamente!"
O enredo é bem construído. Não possui personagens que existem só por existir. Todos são bem trabalhados e de alguma forma apresentados ao leitor da melhor forma possível.
Eu muitas vezes me senti ali vivendo aquela história, passando pelos dramas e tentando desvendar o mistério. Como uma menina feliz que tinha tudo para ter um grande futuro acaba morrendo aos quinze anos? 

Eu amei o livro! Fazia tempo que eu não lia algo assim, e estou satisfeita com o final. Uma mistura incrível de drama e mistério. Recomendo muito! Uma das melhores leituras do ano.

Depois de ler Os Três e nomeá-lo o melhor livro até o momento, achei que seria difícil encontrar um livro à altura, mas não foi. Reconstruindo Amelia chegou para bater de frente e disputar pelo topo no final do ano. 
28 junho

II Maratona Literária #EUSOUDOIDEIRA

by , in
Oi, oi pessoas! 
Eu estava viajando por esses blogs incríveis quando vi uma novidade. A Maratona Literária Eu Sou Doideira terá uma segunda edição \o/ 
  
Eu não pude participar da primeira, estava em aulas e com muitas provas, mas agora eu posso! E vou aproveitar os quinze últimos dias de férias para ler cinco livros.
Organizada pelo blog Carneirismo e o Fluffy. A maratona começa agora dia 1 de Julho e encerra dia 15 de Julho.
A única regra nova é escolher uma música para o livro no final de cada leitura. Para os blogueiros: Não se  esqueçam de adicionar a música ao final da resenha! 

Os livros que eu escolhi foram:

-clique na foto para ir para o instagram do blog- 

Se você deseja participar da maratona clique AQUI para se inscrever e AQUI para participar do grupo no facebook. 
25 junho

{Tag} Copa de Livros

by , in
Oi, oi pessoas!
Hoje eu trago pra vocês uma tag muito legal que a Dani do Livros a Janela da Imaginação me indicou. 
A tag foi criada pela Patty do Coração de Tinta para entrarmos no clima da copa. 
Então vamos lá \o/ 
                                 

1) Escolha livros na sua estante que represente as cores da bandeira brasileira:
ps: Essa coleção em capa branca de Crepusculo não é divina?
2) Festa da Abertura

É dia de festa, a alegria contagia a multidão e o clima descontração deixa tudo mais leve.Com isso em mente indique um livro leve e divertido pra entrar no clima da festa.
Um dos livros mais engraçados que eu já li! Thalita Rebouças sabe mesmo escrever com descontração.  Não só esse como todos os livros dessa série, me fazem rir MUITO. Ótimos curadores de ressaca. 

3) Jogo de Estreia
É dia de estreia. Nervos à flor da pele. Você já estourou a pipoca, pegou o guaraná geladinho e o jogo nada de começar. A ansiedade já está atingindo o grau de máximo em sua escala.

Quem é louco por livros também fica ansioso. Então me diga, qual é ou foi o lançamento mais aguardado por você em 2014?
O livro mais aguardado do ano que já foi lançado com certeza foi A Escolha. Desde que eu li A Elite e passei uma tremenda raiva eu queria descobrir o desfecho dessa história. Acontece, que nem sempre quando você está ansiosa pelo jogo o seu time ganha. E foi isso que aconteceu. Esperei, esperei, esperei e me decepcionei. 

4) Narrador "Cala o Boca Galvão", o famoso pé no saco

Chegou o grande dia, porém o narrador do jogo é um porre. Quem nunca se deparou com uma narrativa arrastada e difícil de digerir? Qual foi o livro que tinha tudo pra ser cinco estrelas, porém a narrativa se tornou um problema?
Proposta boa, história linda, porém... Que narrativa chata. Esse é um livro que eu logo terei que reler, pelo simples fato de não me lembrar muito da história. 

5) Eliminados na primeira fase
Acabou a primeira fase e algumas seleções dão adeus ao sonho da Taça. Nem sempre um livro ou uma série nos convence logo nas primeiras páginas, qual foi o livro, ou série que você desistiu de ler ou abandonou a leitura logo no início.
Coitado desse livro, acho que é o mais rejeitado da minha estante haha. Sempre que tem uma pergunta desse tipo, ele é quem aparece. Eu simplesmente não conseguir fluir a leitura, e já tentei muitas vezes. 

6) O artilheiro da Copa
O jogador que marca mais gols na copa é considerado o artilheiro, para os que não sabem o jogador Ronaldo é o maior artilheiro de todas as edições da copa. O mundo literário também possui seus artilheiros, autores que batem um bolão em todos seus lançamentos. Qual é o autor que está batendo um bolão em sua opinião?
                               
Todos vocês sabem como eu amo Fallen, mas depois que eu li Teardrop foi que comecei a admirar mais essa mulher. A narração em terceira pessoa é fantástica! Eu consegui sentir as emoções de todos os personagens. Ficou uma leitura mais intima, coisa que dificilmente eu tenho com livros em primeira pessoa. E a originalidade dela me encanta, ai ai. Não posso ficar aqui elogiando ela a vida toda haha, mas ela está batendo um bolão.

7) A Zebra da Copa
Futebol é uma caixinha de surpresas, e alguns resultados inesperados são considerados como "zebra". Isso aconteceu em 1986 onde a seleção da Argentina mesmo com o Maradona em campo foi surpreendida pela seleção de Camarões, e perdeu o jogo por 1 a 0. No mundo literário sempre nos surpreendemos também. Qual foi o livro que você não dava muita bola que acabou ganhando seu coração?
Com certeza The Walking Dead. Eu sou uma medrosa de plantão, que prefere evitar tudo que é no mínimo um pouco macabro. Mas quando eu comecei a ler não consegui parar mais! A história é tão incrível que eu já comprei os outros dois volumes lançados, e espero me surpreender como me surpreendi nesse. 

8) A Grande Final
Duas grandes equipes se destacaram, lutaram e chegaram a final. Porém somente um capitão vai poder levantar a taça e gritar é campeão. Ao segundo colocado cabe amargar a tristeza da derrota. Para simbolizar a tristeza, escolha um livro que te fez chorar ou te emocionou muito.
Essa trilogia é simplesmente demais! Amo, amo, amo. Lembro que quando cheguei nesse ultimo livro eu já não sabia o que esperar, e a autora conseguiu me surpreender. Muitas lágrimas caíram. Um livro tão fino que me trouxe tantas emoções.

9)E para finalizar a Tag, escolha o melhor livro lido em 2014.
Até o momento essa foi a minha melhor leitura com certeza! Os Três é o livro mais macabro e emocionante do ano haha. A autora conseguiu criar um enredo incrível! Que nos faz ler muito mais. As cenas são bastante realistas e detalhadas... Amo!

Indicados:
Entre Séries e Livros
Um Sonho Literário
Chuva de Letras
De Cara nas Letras
O que você anda lendo?

Então é isso pessoas! Uma tag pra descontrair mesmo. Espero que tenham gostado!
Alguma aposta para quem será o campeão da Copa? 
17 junho

{Resenha #80} Devoção - J. C. Reed

by , in
Oi, oi pessoas!
Hoje eu venho aqui trazer pra vocês a resenha de um livro lançamento da Editora Unica! 
Vamos conhecer um pouco mais de Devoção?

Devoção
Editora: Única
Número de Páginas: 288
Ano: 2014
Nota: 3/5
Com uma promissora carreira pela frente, Brooke Stewart não é o tipo de pessoa que se envolve em relacionamentos, principalmente em seu trabalho. Entretanto, ao ser enviada para fechar um grande negócio na Itália, ela percebe que uma das peças-chave do seu novo projeto é o cara que ela havia abandonado dias antes em sua cama. Jett era um homem de negócios. E altamente atraente. Seu sorriso malicioso escondia seus verdadeiros intuitos e seus olhos verdes eram um convite permanente. Sexy e arrogante, um cretino e um estranho, disposto a conseguir tudo o que quer e, desta vez, ele desejava Brooke, não importando o preço a pagar. Então, quando eles percebem que essa relação pode afetar o mundo dos negócios, surge um contrato... Perigosamente arriscado. Altamente sexy. Uma relação que não aceitará um “não” como resposta.

Broke é uma mulher que trabalha no ramo imobiliário. É  dedicada e competente, porém ainda não é totalmente valorizada como deseja. 
Enviada por seu chefe para fechar um contrato importante com outra empresa, vai determinada à isso, mas não esperava que a outra parte se atrasaria, e enviaria um representante, lindo, sexy e atrevido. 
Após um encontro frustrado, ela e sua amiga vão juntas para uma festa rodeada de bebidas, e no dia seguinte Broke acorda em sua cama, mas não está sozinha. 
Jet Mayfiel é um homem de negócios, lindo e encantador. Determinado a conseguir tudo aquilo que quer. 
Na manhã seguinte do acontecimento, Broke recebe uma excelente proposta de emprego. Tentada a aceitar e influenciada por seu chefe, ela arruma suas malas e viaja como acompanhante de seu novo chefe para a Itália. 
Mas ela não esperava que ali naquele lugar atração e sentimento falassem mais alto que a razão. 
"- Você é linda - ele sussurrou. - Eu podia ficar vendo você, e somente você, pelo resto da minha vida."
Esse é um daqueles livros que eu comecei a ler com grandes expectativas. A sinopse nos passar a visão de um livro "alá" Cinquenta Tons de Cinza, e não mente. Em muitas partes eu me vi comparando um livro com o outro. 
Jett é dominador e controlador e Brooke é uma jovem inocente que foge de relacionamentos sérios. 
O envolvimento dos dois é incrível! A forma como ele a deixa tranquila é encantador. 
"Mas a coisa do amor é que você não consegue escolher por quem vai se apaixonar."
Como todo primeiro livro de uma trilogia, a história termina com muitas lacunas abertas, e eu estou realmente curiosa para continuá-la. 
A escrita é simples,  a diagramação perfeita! A editora realmente se dedicou a esse livro. 
O livro é bom, mas poderia ser melhor. No início demorei um pouco para pegar um bom ritmo, mas quando consegui o terminei rapidamente. 
No final ainda consegui ficar com raiva da autora, mas entendo que isso era necessário para que ela continuasse a história no próximo livro (malditas trilogias) 
Esse não é um livro para você ler com grades expectativas, esperando encontrar uma grande história.
Recomendo pra você que deseja descansar, rir e se apaixonar com uma história simples e envolvente.
12 junho

{Top 5} Sai Fora! - Especial Dia dos Namorados

by , in
Oi, oi pessoas!
Hoje é dooos? Dooos? Namorados \o/
E então eu e a Mar decidimos fazer dois posts referentes ao dias dos namorados. Um Top 5 Me Namora, e um Top 5 Sai Fora. Como a Mar é muito espertinha pegou o mais fácil. 
Em um namoro temos altos e baixos, mas sabe quando seu namorado fica insuportável? De um jeito que você não quer nem olhar pra cara dele? Você pode amá-lo muito, mas prefere terminar tudo antes que sofra mais. Então hoje eu vim  falar pra vocês cinco personagens que eu não namoraria (e não, isso não é fácil.).
                                
Vaaamos lá \o/ 

Aspen (Trilogia A Seleção
Aspen é o tipo de cara que me irrita só de me olhar. 
Durante a trilogia fui percebendo como ele é, e esse jeitinho aproveitador dele que espera a fragilidade dos outros para se levantar... arrrrg! 
Sai fora, Aspen!













(Saga CrepúsculoJacob
Jacob é um amor até certo ponto, porém possessivo e assim como Aspen, um pouco aproveitador. Eu poderia até cair nos encantos dele, mas logo sairia fora! 












Jose (Trilogia Cinquenta Tons de Cinza
Eu preciso falar muita coisa sobre ele? Um cara que aproveita que sua amiga está bêbada para tentar ficar com ela não merece nem meia chance. Tudo bem, ele pediu desculpas, eu sei, mas a minha confiança ele não teria nunca mais.










(A Ultima Música) Marcus
É muito fácil falar desse cara. O que querer ficando com uma pessoa fica olhando, cantando e dando em cima de outra? Essa outra sendo amiga dela? Que feito, Marcus. Menos cinquenta pontos para você.



                                                                                                       








 Carter (Álbum de Casamento)
Ai pessoal, eu amo o Carter, mas eu acho que seria um relacionamento de curto prazo. O jeito dele muitas vezes me irrita, e por mais que ele se mostre atencioso, na maior parte do livro eu estava com raiva dele e não suspirando por ele. Essa separação dói. 









Então pessoas, essa foi minha listinha. E vocês meninas com quem não namorariam? E vocês garotos? (Pra vocês é mais fácil né haha)
Para ver o post "Me Namora" que a Mar fez no blog dela clique AQUI .
E sobre o placar de hoje? A Mar chutou 2x1 pro Brasil, eu aposto em um 2x0 pro Brasil, e vocês?
Não deixem de comentar e curtir o dia dos namorados ^^

Post Top Ad

Instagram