Post Top Ad

{Resenha #72} Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks

Oi, oi pessoas!
Como foi o final de semana de vocês? 
O meu foi bom, e consegui terminar o livro do Nicholas!
Então vamos la haha


Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2014
Nota: 4/5
Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

Cheia de mágoa, desde que se separou de seu ex marido, Theresa não se envolveu com outra pessoa pois não acredita mais no amor. 
Mãe, jornalista e cheia de responsabilidades, ela acredita que na sua vida não existe tempo para outra pessoa. Mesmo sentindo falta disso.
Quando sua amiga lhe convence a tirar uma semana de folga em Cap Code, Theresa resolve que esse tempo servirá para que ela pense.
E é nessa viagem que ela encontra uma garrafa de vidro na areia da praia, e dentro dela, uma carta.
Garret Black é um marinheiro mergulhador que perdeu sua esposa há três anos e ainda nao superou a perda. Convencido de que numca encontrará um novo amor, Garret vai vivendo sua vida como acha melhor. Sempre que pode, caminha até o mar e solta nele garrafas com cartas para que alguém as leia e entenda seus sentimentos. 


Duas histórias diferentes, dois corações partidos, uma carta e uma decisão. 
Uma história de amor.

E finalmente eu li outro livro do Nicholas Sparks! Todo mundo sabe da minha história de amor e ódio com ele.
Nesse livro eu fiquei mais presa a história. A forma como cada personagem e emoção são descritos realmente é o ponto forte dele. 
Já nas primeiras páginas eu fiquei bem emocionada, porque eu consegui sentir tudo o que a carta quis passar. 
"Senti um nó na garganta e os olhos cheios de lágrimas, porque sabia que era hora de você partir. O olhar que me lançou nesse momento me persegue. Senti sua tristeza e a minha própria solidão, e a dor do meu coração, que por um breve espaço de tempo se manteve silenciosa, ficou mais forte quando você se afastou de mim."
O livro não pode ser colocado na lista de romances clichês, essa história é densa e profunda. Algo que me agradou muito. 
Os personagens são cativantes e a leitura fácil faz com que a leitura flua naturalmente. 
"- Seus sentimentos dizem muito sobre você - continuou ela. - Você é o tipo de pessoa que ama para sempre... Não há do que se envergonhar."
Mesmo não sendo mais tão jovens, você consegue perceber a imaturidade de Theresa e Garret com relacionamentos. 
Eu muitas vezes pensei "Poxa, isso ficaria melhor se eles fossem adolescentes". 
Não que isso seja ruim. É bom ver que mesmo já amadurecidos, as pessoas ainda tem as mesmas duvidas dos romances da adolescência. 

O legal é que como em A Ultima Música, eu consegui absorver o que o livro quis passar com essa história.
Mesmo em meio a uma multidão, podemos nos sentir sozinhos. Podemos amar e nos magoar tão profundamente, que nos tornaremos pessoas inseguras com medo de sofrer. Mas temos que estar abertos para novas experiências, pois estas, podem nos ajudar, e assim abriremos novamente nosso coração para receber pessoas novas. 

Eu continuo com a minha opinião de que o Nicholas já tem uma fórmula para os livros dele, e ele a usa sempre como base. Mas tenho que dizer que nesse livro eu me surpreendi, e espero me surpreender com todos os outros que vierem. 


Recomendo o livro para os românticos de plantão, e para aqueles que querem uma história envolvente em menos de 300 páginas. 

7 comentários:

  1. Cara, eu não consegui gostar desse livro, ainda por cima porque a Theresa parece ser tão imatura ZzZZz.... Mas realmente é bom pra quem é romântico de plantão.

    Beijos, Amanda.
    http://fic-board.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nãaaa! Nicholas Sparks é muito "Formula definida" pra mim. Acho q não me arrisco em mais nenhum livro desse homem. Acho as histórias melosas :(

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Baaaaaaabs!
    Você sabe o quanto amo o Nicholas e criei muitas expectativas para este livro.
    Felizmente eu gostei...
    Espero que agora você comece a ler mais livros do autor, hein?
    Ótima resenha <3

    Beijos,
    Mar diva
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu amo muito os livros do Nicholas!
    Mesmo com essa fórmula de sempre, ele consegue me encantar.
    Espero que venham mais livros dele esse ano
    Amei a resenha
    bjos

    ResponderExcluir
  5. To louca pra ler esse livro! me parece ser muito bom e diferente! bjs

    ResponderExcluir
  6. Fiquei com vontade ler, apesar de gosta apenas um livro dele. ótima resenha bjs *-*

    ResponderExcluir
  7. Quero esse livro já!
    Espero comprar logo pra ver se gosto tanto como você
    Amei a resenha
    Bjim

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram