Post Top Ad

{Resenha #34} Predestinados - Josephine Angelini

Ano: 2012
Páginas: 
320
Editora: Intrínseca
Nota: 4/5  

Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isto está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que esteja perdendo o juízo. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e visões de três mulheres derramando lágrimas de sangue a têm atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças muito antigas.


Helen é uma garota simples, odeia chamar atenção para si e não tem noção da sua própria beleza, nem do que ela realmente é capaz.

Sempre que chama atenção em público, Helen sente cólicas terríveis, e isto a deixa confusa e desde então se tornou seu regulador de socialidade.

Ela tem poderes que nem imagina, e desde pequena sofre por ser "estranha", mostrando sua enorme forma e habilidades nada normais.

Foi abandonada pela mãe, e a única coisa que ela tem para se lembrar da mesma é um colar que ela não consegue tirar do pescoço.

A familia Delos está chegando na Ilha de Nantucket, e então a vida confusa de Helen fica ainda pior.

Ela não suporta nem ouvir o nome deles, e desde que recebeu a noticia de que viriam ela vem tendo pesadelos horríveis e sempre acorda com os pés sujos como se realmente tivesse vivenciado aquilo.

E então, quando Helen finalmente cruza com Lucas, o ódio entre ambos é gigantesco e eles não conseguem viver pacificamente.

Maldição, Fúrias, Semideuses, você está pronto para tentar desvendar tudo isso?

Primeiro antes de começar a falar do livro, quero dizer que o ínicio dele me lembra MUITO Crepúsculo  Uma menina desengonçada, mora em uma cidade pequena apenas com seu pai. E uma família grande e  misteriosa que é cercada por comentários das pessoas. MAS CALMA! Você ai que odeia Crepusculo, pode o ler o livro sem medo! As histórias não se parecem nem um pouco!

O foco da autora é a Gurra de Tróia e a importância dos deuses sobre os semideuses e sobre a Terra.

 Os elementos da mitologia, se encaixam muito bem na história , e a autora soube como usar a ficção, sem ficar chato ou confuso demais.

Eu gostei bastante desse livro, gosto bastante da escrita dele e de como a leitura flui naturalmente.

A unica coisa que eu mudaria nele são as semelhanças de alguns personagens secundários com alguns da saga Crepúsculo pois isso gera muita comparação e algumas pessoas que poderiam até gostar da saga não leem  por conta dessas semelhanças.

Gosto de como Helen e Lucas fazem para desvendar essa maldição. 

Nos últimos capítulos do livro tudo acontece muito rápido, então ao mesmo tempo que está tudo bem, está tudo mal e o livro termina te deixando super curioso para  a continuação. (ainda não lançada no Brasil. EU PRECISO DELA!)

Recomendo esse livro para quem já tem certa familiaridade com a Mitologia, porque talvez você pode se perder em algumas coisas. (Mas nada que o google não resolva haha)

Eu estou bem ansiosa para o próximo livro, e estou com as expectativas em alta!

Espero gostar tanto quanto gostei de Predestinados.


Um comentário:

  1. Eu já queria muito ler esse livro, li comentários muito bons. Quando vi que você tinha resenhado, nem acreditei.
    Eu nem me importo com as semelhanças, pois gostei de Crepúsculo.
    E eu adoro mitologia!!!
    Gostei muito da resenha. parabéns.
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://www.cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram