Post Top Ad

{Resenha #14} A Ultima Musica - Nicholas Sparks

Editora: Novo Conceito  
Ano de Lançamento: 2010 
N° de páginas: 400
Nota: / 5

 Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. 

O livro conta a história de Roonie, uma adolescente de dezessete anos que se vê obrigada pela mãe a ir para casa do seu pai passar as férias de verão.

Roonie e seu pai não se dão muito bem,  pois ela guarda mágoas da separação dos seus pais e vê seu pai como "um homem que abandonou-a".

Mas a partir desse verão sua vida muda completamente, ela começa a enxergar tudo de um modo diferente e se vê obrigada a amadurecer diante dos obstáculos impostos pela vida.

O legal desse livro é que mesmo narrado em terceira pessoa a cada capitulo do livro conta a história de um personagem.

Todos os personagens foram muito bem desenvolvidos, todos com personalidades forte (adoro).

Em nenhum momento do livro eu senti a leitura cansativa e a história corre muito bem, mas falta alguma coisa nesse livro e eu não sei dizer oque.

O livro também mostra as crenças do pai de Roonie e eu achei isso bem interessante, é difícil encontrar livros que não são sobre religião falando dela.

Chorei muito no final do livro, um final emocionante meio obvio mas que mesmo assim me deixou surpresa.

Indico esse livro para todos, acho que é bom para ajudar a refletir.

As vezes seu relacionamento com alguém não é muito bom, e quando finalmente tudo se resolve, pode ser tarde demais.

2 comentários:

  1. Eu assisti ao filme e amei!!! Já li alguns livros dele e são OK! Não consigo adorar, mas gosto!
    Parabéns pela resenha!
    bjs
    http://cladoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram